banner lua azul

::Fang Gang::

| Angel | Angelus | Connor | Cordelia | Doyle | Fred | Gunn | Illyria | Liam | Lorne | Spike | Wesley |



Angel/Angelus/Liam - Liam (ou William na Inglaterra) era um jovem irlandês que vivia pelas tavernas de sua vila, gastando dinheiro com bebida e prostitutas, para desgosto de seu pai. Em 1753, aos 27 anos, ele é transformado por Darla no vampiro Angelus e eles se tornam amantes. Liam retorna a sua casa e mata seu pai, sua mãe e a irmã mais nova — que, quando o viu na porta de casa "vivo" pensou que seu irmão tinha voltado como um anjo. E não demora muito para que Angelus receba a alcunha de "Flagelo da Europa", tamanha é sua crueldade.

Em 1860, Angelus tortura, estupra, enlouquece e transforma Drusilla em vampira e em 1880 é a vez de Dru transformar o tímido poeta William no vampiro Spike. Os quatro — Fanged Four — passam formar uma feliz família, deixando rastros de sangue por onde passam.

Em 1898, na Romênia, Angelus tortura, estupra e mata uma jovem cigana (dada a ele de "presente" por Darla) e é amaldiçoado pelo pai dela, recebendo uma alma; a partir daí, ele não tem mais paz, Angelus e Darlahorrorizado com o que tinha feito de ruim até então; com fome, ele chega a se alimentar de uma garota, mas não a mata. Darla sente sua alma e o abandona, horrorizada. Mais tarde, os dois voltam a se juntar (Angel procura Darla em 1900, na China, querendo reatar com ela), mas a nova atitude dele a irrita (ele "só" mata assassinos, estupradores, ladrões e patifes para se alimentar) e ela o deixa definitivamente — não sem antes matar o cigano que lançou a maldição (enquanto Spike mata a mulher dele e as outras filhas, não por vingança, mas de fome mesmo).

Em 1902, Angel desembarca em [Ellis Island], Nova Iorque. O vampiro ainda está se adaptando à sua nova condição; com o passar dos anos, as coisas ficam mais fáceis para ele, até que em 1976 — após um assalto a uma lanchonete — ele não resiste, bebe do sangue do balconista que acabou de ser assassinado e novamente entra em profunda crise existencial (Orpheus).

Depois de passar 20 anos em miséria e sofrimento, vivendo nas ruas de Manhattan como um mendigo e se alimentando somente de ratos, em 1996 Angel é procurado por um demônio chamado Assobiador, que incentiva o vampiro a fazer o bem e lutar por sua redenção. Assobiador mostra ao vampiro Buffy — então com 16 anos e chupando pirulito — em frente à escola dela em Los Angeles, para que ele mude de vida e passe a ajudar a futura Caça-Vampiros na luta contra o Mal. 

Angel vai para Sunnydale em 1997, logo após Buffy ter ido para lá também, os dois se conhecem e acabam se apaixonando. Buffy fica chocada quando descobre que Angel é um vampiro, mas após algum tempo, os dois reatam. Contudo, a relação acaba se tornando impossível, pois se Angel tiver um verdadeiro momento de felicidade — transar com a mulher que ama, por exemplo, sem ter nenhuma outra preocupação em mente — ele perde sua alma, por causa da [maldição] cigana. E é isto que acontece no dia em que Buffy completa 17 anos (em janeiro de 1998).

Assim que perde sua alma, Angel volta a ser o cruel Angelus e se junta novamente a Spike e Drusilla, que já há algum tempo haviam voltado para Sunnydale e estavam vivendo numa fábrica abandonada. Seguindo um plano de Dru, os três tentam destruir toda a humanidade trazendo de volta à vida o terrível [Juiz], mas os Scoobies conseguem derrotá-los.

Angelus é persistente e continua a atormentar a ex-namorada: entre outras coisas, ele mata e transforma em vampira uma aluna da Sunnydale High, Theresa Klusmeyer, como um "recado" para Buffy — "de Angel, com amor"; e conta a Joyce, mãe de Buffy, que os dois dormiram juntos.

Angelus mata também a namorada de Giles, a professora Jenny Calendar, cuja verdadeira identidade os Scoobies haviam descoberto há pouco tempo: Jenna, cigana do mesmo clã que amaldiçoou Angel comuma alma, estava em Sunnydale para "vigiar" o vampiro e se certificar que ele não tivesse um momento de felicidade — o que acabou acontecendo. Quando Jenny/Jenna consegue recuperar o texto original da maldição a fim de reproduzi-la e devolver a alma para Angelus, ele a mata e coloca o corpo da garota na cama de Giles, montando um cenário para que o bibliotecário pense que está prestes a ter uma noite romântica com a namorada. Giles, na tentativa de se vingar, acaba colocando fogo na fábrica onde os vampiros vivem; Angelus, então, encontra uma nova casa para os três: uma mansão abandonada na rua Crawford.

Angelus se junta a Drusilla em outro plano para destruir o mundo — acordar o demônio [Acathla], que abrirá um vórtex para o inferno e sugará toda a humanidade para dentro dele. Quando finalmente Willow consegue realizar o feitiço cigano que devolve a alma ao vampiro, já é muito tarde, pois o vórtex já está aberto, e Buffy é obrigada a mandar Angel para o inferno (Buffy/Becoming 2). 

Após alguns meses, Angel consegue retornar por um portal aberto (sem querer) por Buffy, após ela ter derrubado seu anel [Claddagh] no chão da mansão da rua Crawford. No entanto, para ele se passaram 100 terríveis anos e Angel volta perturbado, agindo como um animal; Buffy o ajuda a reconquistar a sanidade mental — mas, por um bom tempo, esconde dos amigos que o vampiro está de volta. 

Contudo, Angel não consegue vencer a depressão e, após apenas dois dias sendo assombrado pelo [Primeiro Mal], tenta se matar na noite de Natal, expondo-se à luz do sol; é então que um milagre acontece: em plena ensolarada Califórnia começa a nevar, o que bloqueia os raios de sol e salva a não-vida de Angel — uma cortesia dos [Poderes Que Valem]?

***

Em 1999, Angel chega a conclusão que a relação dele com Buffy não tem futuro e deixa Sunnydale, indo para Los Angeles lutar contra as forças do mal a fim de se redimir por séculos de maldades — a série Angel começa.

Logo que chega à "cidade dos anjos", Angel encontra Doyle, mandado pelo Poderes Que Valem para ajudar o vampiro em sua missão — lutar contra as forças da escuridão; meio-demônio, Doyle tem visões que mostram pessoas em perigo. Angel também encontra Cordélia Chase, que havia deixado Sunnydale para tentar uma carreira de atriz em Hollywood, e com eles funda a [Angel Investigations].

No final de 1999, Buffy vai a Los Angeles, depois de saber que Angel esteve em Sunnydale por 3 dias para ajudá-la a vencer o espírito vingativo indígena Hus (Buffy/Pangs), mas nem mesmo falou com ela. Quando estão conversando sobre esta visita não anunciada, ela e Angel são atacados por um demônio Mohra (I Will Remember You) e Angel, após entrar em contato com o sangue da criatura, torna-se humano. Buffy fica feliz com o fato dos dois poderem finalmente ficar juntos e ter uma vida normal, até que o mesmo demônio ataca Buffy e Angel, não tendo mais super-força, não pode defendê-la (não que ela precisasse...) Angel então vai aos [Oráculos] e pede que o façam voltar a ser vampiro novamente e eles atendem ao pedido, fazendo o tempo voltar 24 horas — e a noite de paixão que Buffy e Angel viveram só fica na memória do vampiro.

Angel revê Buffy por 7 vezes depois disso:

  1. quando Buffy volta a Los Angeles em 2000, atrás de Faith e acaba brigando com ele (Sanctuary)
  2. quando ele vai a Sunnydale pedir desculpas a Buffy pela briga e aproveita para bater em Riley (Buffy/The Yoko Factor)
  3. quando Joyce, mãe de Buffy, morre e ele vai até Sunnydale consolá-la; os dois tem um breve encontro no cemitério, depois do funeral (Buffy/Forever)
  4. quando Buffy volta à vida em 2001 e eles se reencontram em lugar incerto e não sabido, entre Sunnydale e Los Angeles (Buffy/Afterlife)
  5. quando ele vai até Sunnydale entregar a Buffy um [amuleto] e uma pasta contendo um dossiê (Buffy/End of Days e Chosen)
  6. quando ele toma a identidade de Twilight e faz da vida de Buffy um verdadeiro inferno (Quadrinhos [Oitava Temporada])
  7. quando viaja de Londres até São Francisco para ajudar os Scoobies na luta contra o demônio Archaeus (Quadrinhos [Décima Temporada])
Após a morte de Doyle (que pouco antes de morrer passou suas visões para Cordelia), a equipe da Angel Investigations passa a contar, primeiro, com o ex-Guardião de Buffy e Faith, Wesley Wyndham-Pryce, e mais tarde, com Charles Gunn e Winifred "Fred" Burkle. Seu escritório é instalado num hotel abandonado, o [Hyperion], onde Angel e Fred passam a morar.

Tudo funciona bem, até que — após ver Darla ser transformada novamente em vampira sem poder fazer nada (The Trial) — Angel entra em crise novamente; nem a própria Darla consegue entender o que se passa com seu ex-amante; ela sabe que não é Angelus, mas está agindo muito estranho para ser Angel. Perdendo o interesse na vida e em combater o bom combate, Angel chega a trancar um bando de advogados da Wolfram & Hart (entre eles Lilah Morgan e Lindsey McDonald) na adega da casa de Holland Manners (Reunion), permitindo que Darla e Drusilla matem todos (exceto Lilah e Lindsey). Quando Cordelia, Wesley e Gunn cobram dele a atitude errada, o vampiro os despede e deixa a Angel Investigations.

Tentando parar Darla e Drusilla de formar um exército de demônios, Angel coloca fogo nas duas, que escapam por pouco, porque têm a sorte de encontrar um hidrante por perto (Redefinition).

Mais tarde, Angel dorme com Darla (Reprise). Após a transa, no entanto, ele tem um momento de lucidez (epifania) e volta ao seu normal; o vampiro salva a vida da policial Kate, que havia tentado o suicídio, e se reconcilia-se com Cordelia, Wesley e Gunn. Angel se deu conta que a redenção se conquista no dia-a-dia, um passo de cada vez, sem esperar por um final glorioso, uma recompensa (Epiphany).

Angel volta para a Angel Investigations (agora sob o comando de Wesley) e, entre um trabalho e outro, acaba se apaixonando por Cordy, mas não tem coragem de se declarar para a garota. Quando finalmente parece que vai fazê-lo, Groosalugg chega de [Pylea] em busca de sua princesa Cordelia e Angel desiste.

Em 2002, o resultado da transa entre Angel e Darla aparece: eles têm um filho, Connor — apesar de vampiros não poderem procriar... Poucos meses depois, Wesley, preocupado com uma (falsa, inventada por Sahjhan) profecia — Os Pergaminhos de [Nyazian] — que proclamava que "o pai vai matar o filho", pega Connor para levá-lo para longe de Angel, mas sua boa intenção acaba em tragédia: o bebê é sequestrado pelo arqui-inimigo de Angel, Holtz, e os dois (Holtz e Connor) vão parar numa dimensão infernal — Quor-toth — cujo portal é impossível de se abrir uma segunda vez. O vampiro, devastado pela perda do filho, tenta matar Wes, mas é impedido a tempo. Quando Angel já está se conformando pela perda do filho, Connor retorna inesperadamente — só que agora ele é um adolescente e quer matar o pai, por causa de seu passado violento como vampiro. 

Holtz, tendo criado Connor em Quor-toth (e o rebatizado de Stephen), usa o garoto para se vingar de Angel, porque este, séculos atrás quando ainda era um vampiro sem alma, matou toda sua família. Ele faz com Justine o mate, de modo que Stephen pense que foi mordido por Angelus. E assim acontece; Stephen/Connor, sedento de vingança, prende Angel numa caixa e a joga em alto mar, para que lá o vampiro imortal fique para sempre.

Angel é salvo por Wesley, que durante todo o verão (do hemisfério Norte) não desistiu de procurar pelo vampiro; ele encontra a caixa no fundo do mar e "devolve" o ex-amigo para Fred e Gunn, que então ficam sabendo o que Connor havia feito com o pai. Angel dá uma bronca no filho, diz que o ama e o manda embora do Hotel (Deep Down).

A vida continua com Angel tentando refazer sua relação com o filho e começar algo com Cordelia, até que ele vê Connor transando com Cordy numa noite em que parecia ser a última de nosso mundo. O quase apocalipse, causado pela Besta, faz com que os problemas pessoais sejam logo deixados de lado e toda a Fang Gang coloca seus esforços em derrotar este novo e aparentemente invencível Big Bad, que fez com que o sol fosse apagado em Los Angeles, mergulhando a cidade numa noite eterna  (Apocalypse, Nowish, Habeas Corpses e Long Day's Journey).

Esgotadas todas as alternativas, Wesley tem a ideia de trazer Angelus de volta após uma "visão" de Cordelia/Jasmine mostrando que o cruel vampiro conheceu a Besta anos atrás. O feiticeiro Wo Pang (que lida com magia negra) é então levado ao Hyperion e, após um encantamento que faz Angel ter a ilusão de que todos os seus problemas foram resolvidos e está plenamente feliz — de bem com Connor e Wes, a Besta destruída, o sol brilhando novamente em Los Angeles e tendo o amor de Cordy — ele perde sua alma e se transforma em Angelus (Awakening). 

Mesmo preso em uma jaula, Angelus consegue causar muitos estragos na Fang Gang com sua língua ferina e sua maldade sem limites — entre outras coisas, ele conta para todos sobre a noite que Cordy e Connor passaram juntos, sobre Wesley ter tido uma relação durante meses com Lilah e faz com que Fred e Gunn briguem e se separem — além de dizer que vai estuprar Fred até a morte. Após toda a confusão, Cordelia se oferece em troca de alguma informação sobre a Besta e Angelus concorda com a barganha. Ele conta que a Besta o procurou em 1789, na Prússia, para fazer um acordo com ele. O monstro estava sendo perseguido por sacerdotizas [Svea],que queriam eliminá-lo e contra elas ele não podia fazer nada pois não conseguia tocá-las; Angelus faria o serviço por ele. No entanto, o vampiro não aceitou o trato, deixando a Besta enfurecida. Para sua sorte, quando estava prestes a ser morto, as sacerdotizas apareceram e baniram a Besta para outra dimensão. A Fang Gang vai então a procura de uma descendente das sacerdotizas em Pacoima (cidade próxima a Los Angeles), mas chegam tarde demais: tanto ela e como seu marido e filhos estão mortos. Achando que não há mais nada que Angelus possa revelar, todos decidem que é hora de retornar a alma de Angel, mas quando vão fazer isto descobrem que o recipiente que contém a alma — o Muo-Ping — sumiu (Soulless).

Wo Pang informa que sem o Muo-Ping ele não pode fazer com que Angelus tenha a alma de volta, para desespero dos amigos de Angel; ele ainda avisa que, se o recipiente for aberto ou quebrado, a alma retornará para o éter. Enquanto isto, Angelus chega a conclusão de que a Besta é apenas um servo, que está trabalhando para alguém/algo muito mais poderoso. Numa tentativa desesperada, a Fang Gang recorre a um feitiço (tirado de outra falsa visão de Cordelia/Jasmine) para devolver a alma de Angel e que, a princípio, parece dar certo. No entanto, logo se descobre que Angelus fingiu ser Angel só para conseguir escapar da jaula em que estava trancado. Enquanto Wesley, Gunn, Fred e Connor vão atrás do vampiro, ele volta ao hotel e persegue Cordelia e Lilah; Cordelia/Jasmine aproveita a situação e mata Lilah com uma facada no pescoço (Calvary).

Quando Wes e o resto do pessoal se dão conta da estratégia de Angelus e voltam ao Hyperion, encontram o vampiro se alimentando de Lilah e acham que foi ele quem a matou. Angelus escapa novamente e vai a procura da Besta. Quando a encontra, é avisado que seu mestre — Jasmine, usando o corpo de Cordelia— tem planos para ele, mas Angelus diz que não aceita ordens de ninguém, muito menos se for através de um "garoto de recados". Para ajudar a deter Angelus, [Faith] foge da prisão e o vampiro sem alma arma um encontro dela com a Besta, que quase mata a Caça-Vampiros. Para surpresa de Faith, Angelus mata a Besta usando uma arma feita com os ossos do monstro, fazendo com que o sol volte a brilhar em Los Angeles (Salvage).

Angelus é recapturado após Faith atraí-lo para uma armadilha, deixando se morder pelo vampiro e assim o envenenando com uma droga chamada Orfeu. Levado de volta ao Hotel, Willow (chamada por Fred) refaz a maldição cigana e devolve a alma a Angel, não sem antes enfrentar uma batalha contra Cordelia/Jasmine, a Mestra da Besta, que havia roubado o recipiente (Muo-Ping) com a alma de Angel do cofre e não queria perder Angelus (Orpheus).

No entanto, a paz não dura muito; e logo Angel e equipe tem que enfrentar Jasmine, um dos Poderes Que Valem que voltou à Terra (nascendo de Cordelia) para instalar uma nova ordem, onde as pessoas não têm mais qualquer direito de escolha, mas vivem em total felicidade e adoração à sua nova divindade. No final, Angel, Wesley, Gunn, Fred e Lorne conseguem derrotá-la e, como recompensa, os Sócios Majoritários da Wolfram & Hart oferecem a eles a administração da filial da firma em Los Angeles. A princípio, Angel não quer aceitar a proposta, mas quando seu filho Connor, desesperado com a total falta de esperança em qualquer coisa e sem a felicidade artificial proporcionada por Jasmine, se revolta e toma como reféns várias pessoas em um shopping da cidade, ele cede. Para dar a seu filho uma coisa que ele nunca teve, Angel aceita o acordo oferecido pela Wolfram & Hart; então, ele vai até o shopping e esfaqueia o garoto. A memória da existência de Connor é apagada da mente de toda a Fang Gang e ele passa a fazer parte de uma família feliz em algum lugar próximo a Los Angeles. Angel, sozinho, terá que conviver com a lembrança do filho perdido (Home). 

Em seguida, o vampiro segue para Sunnydale, para entregar a Buffy o [amuleto] e o dossiê fornecido pela Wolfram & Hart. Buffy aceita o objeto, mas dispensa a ajuda de Angel e revela que Spike "está em seu coração", além de dizer a ele que é "massa de biscoito", que ainda não está "assada" e portanto não pode assumir nenhum relacionamento. E Angel parece bastante aborrecido em saber que Spike agora tem uma alma também (Buffy/Chosen).

Angel se torna o todo poderoso da Wolfram & Hart de Los Angeles e, usando toda a estrutura da firma, continua a ajudar àqueles em perigo. Sua paz é um pouco perturbada quando o arqui-inimigo, amigo, ex-colega de massacres Spike aparece na cidade, incorpóreo, saído do amuleto que ele, Angel, deveria ter usado. Os dois vampiros implicam um com o outro, mas acabam tendo que conviver, ainda mais depois que Spike se torna corpóreo novamente e decide ficar em Los Angeles para ajudar na luta contra o mal.

No entanto, Angel fica deprimido quando, levados por uma falsa profecia, ele e Spike lutam ferozmente pela honra de beber do [Cálice doTormento Perpétuo] e o segundo vampiro com alma ganha (Destiny). Além disto, Angel sofre grandes perdas nesta época: primeiro, Cordelia (depois de meses em coma, ela morre) e Fred (que tem seu corpo tomado pelo Deus-Rei Illyria e também morre).

E as coisas só pioram. De Cordelia (já morta), Angel recebe uma visão (através de um beijo) sobre quem são o suporte dos Sócios Majoritários aqui na Terra — o [Círculodo Espinho Negro] — e daí em diante passa a trabalhar com um único objetivo: acabar com eles. O vampiro não conta nada aos seus amigos e segue com um plano ousado de se passar por malvado para ser aceito como membro do Círculo.

É nesta fase conturbada que Angel começa uma relação com a lobisomem [Nina];os dois chegam a transar — e Angel não perde sua alma, pois felicidade completa é uma realidade distante para o vampiro.

Também na mesma época, Angel reencontra seu filho; Connor aparece na W&H com os pais, que estão assustados com o fato dele ter sido atropelado e não ter morrido. No decorrer das investigações, o feitiço que fazia com que a existência de Connor fosse apagada se desfaz (para Wesley e o próprio Connor). O garoto, no entanto, não revela isto a Angel, apenas diz que deve ir embora com sua família e protegê-la, pois foi isto que seu pai o ensinou a fazer (Origin). Mais tarde, eles se encontram e Connor admite que lembra de Angel (Not Fade Away).

Já com a ex-namorada Buffy, Angel tem que se preocupar uma vez mais — ele, que colocou espiões seguindo a Caça-Vampiros na Europa, vai com Spike para Itália salvá-la do perigoso [Imortal]. Os dois vampiros discutem durante a viagem toda e voltam para casa desolados, sem terem visto Buffy e com um conselho de ninguém menos do que [Andrew]: Buffy ama os dois, mas é melhor eles seguirem em frente (The Girl in Question).

Continuando com seu plano de ingressar no Círculo, Angel acaba tendo que matar o bom [Drogyn]. Além disto, ele renúncia, [assinando] com sangue, ao [Shanshu], a profecia que poderia torná-lo humano algum dia.

Aproximando-se o dia da batalha final, Angel revela seu plano a Wesley, Illyria, Spike, Gunn e Lorne e delega a eles tarefas muito importantes: cada um deverá acabar com membros ou clãs pertencentes ao Círculo; ele próprio se encarrega de [Hamilton], o poderoso elo com os Sócios Majoritários. Nesta luta decisiva, Angel conta com uma ajudinha de Connor; depois, diz a ele para ir embora e que aconteça o que acontecer, ele (Angel) não será destruído, pois viverá em Connor.

Ao final, os sobreviventes — Illyria, Gunn e Spike (Lorne foi embora após terminar sua tarefa com sucesso) — se juntam a Angel em um beco de Los Angeles e se preparam para enfrentar os Sócios Majoritários, que furiosos, mandam um exército (que conta com gigantes e até mesmo um dragão) contra nossos heróis (Not Fade Away).

SUA HISTÓRIA CONTINUA EM ANGEL: AFTER THE FALL, ANGEL & FAITH e ANGEL  [LEIA AQUI]

Curiosidade 1: As últimas palavras de Angel na série foram: Ao trabalho!

Curiosidade 2: Angel [desenha] muito bem — sua última namorada, Nina, coincidentemente, era uma estudante de arte — e não gosta de se alimentar com comida normal, apenas sangue.

Curiosidade 3: Angelus transformou em vampiros as seguintes pessoas: Drusilla, Penn (Somnambulist) e a filha pequena de Holtz (Offspring); Angel transformou Lawson (Why We Fight). Com exceção de Dru, todos já viraram pó.

Curiosidade 4: Angel canta muito mal e gosta muito de baladas: sua música preferida é Mandy, de Barry Manilow; o vampiro, inclusive, foi a diversos shows do cantor nos anos 70. Este gosto musical lhe rendeu muita gozação por parte dos amigos...

Curiosidade 5: Em Las Vegas, durante os anos 60, Angel conheceu o gangster Bugsy Siegel (com quem costumava jogar golfe), chegou a tomar uns drinques com o Rat Pack (apelido do grupo formado por Frank Sinatra, Sammy Davis Jr e Dean Martin) e compareceu ao casamento de Elvis Presley e Priscilla.

Curiosidade 6: Segundo um estudante (que ajudou a desmascarar o professor Seidel), existem fórums e chat rooms na Internet que discutem a existência de Angel, o vampiro com alma; o garoto estava entusiasmado em conhecer a "lenda" e o próprio Angel surpreso das pessoas saberem de sua existência (Supersymmetry).

Curiosidade 7: Angel viajou pela primeira vez de avião no jatinho da Wolfram & Hart, na viagem que fez para a Itália (The Girl in Question).


Connor/StephenFranklin Thomas/Connor Reilly - Filho de Angel e Darla, é raptado ainda bebê pelo arqui-inimigo do pai, Holtz, e levado para a dimensão infernal Quor-toth (onde ficou conhecido como O Destruidor). Quando volta, apenas algumas semanas depois, já é um adolescente de 16 anos, com um ódio mortal de Angel — Holtz havia rebatizado-o Stephen e criado o menino com a finalidade de um dia se vingar do Baby Connorvampiro, porque ele, como Angelus, havia matado toda sua família. Connor, com a ajuda de [Justine], completa a vingança, encaixotando Angel e o jogando em alto mar para que o vampiro imortal lá fique para sempre. O garoto então passa a morar com Gunn e Fred no [Hotel Hyperion], fingindo estar muito triste com o sumiço do pai. Quando Fred e Gunn acham uma vampira que costumava caçar no local onde Angel foi pego pelo filho e testemunhou tudo o que aconteceu, Connor dá um jeito de chegar até ela primeiro, a mata, e mente que foi por legítima defesa. Quando Angel finalmente volta para casa 3 meses depois (salvo por Wesley), o garoto leva uma bronca do pai e é expulso do Hotel (Deep Down).

Connor passa a viver no sotão do Museu de História Natural; quando Cordelia reaparece, é para lá que ela vai, pois estando desmemoriada, ela tem medo do pessoal "esquisito" que vive no Hotel. Após recuperar a memória e achando que o mundo vai acabar (a Besta fez chover fogo em Los Angeles), Cordy transa com Connor, que está apaixonado por ela. Quando o apocalipse não chega, Cordy diz ao garoto que eles não podem ficar juntos.*

*Curiosidade: Connor, que tinha 16 anos quando voltou para nossa dimensão e que portanto deveria ter agora 17 anos, de repente foi promovido a "maior de idade" (18 anos) pelos roteiristas da série.

Connor, apesar de ainda ter problemas em ser filho do vampiro Angel, ajuda a Fang Gang na luta contra a Besta (mesmo com o pai sabendo o que aconteceu entre ele e Cordy), além de patrulhar na cidade no período em que o sol está bloqueado e recebendo muitos "turistas" vampiros.

Quando Angel perde sua alma e se torna Angelus, Connor acaba descobrindo sem querer que não é totalmente humano: para proteger o Hyperion, Lorne lança o mesmo feitiço que protegia o [Caritas], o que faz com que a violência perpetrada por demônios não seja possível no local; num ataque de Angelus ao Hotel, Connor tenta lutar contra o pai e é impedido pelo escudo de proteção, descobrindo assim, para seu desgosto, a sua verdadeira natureza. Sua única alegria é a gravidez de Cordelia, que espera um filho seu. 

Cada vez mais sob a influência da Cordelia má, Connor se distancia da Fang Gang e até mesmo tenta matar seu pai (quando este estava em sua fase Angelus) a mando de sua amante. Quando a verdade sobre a falsa Cordelia vem à tona, Connor foge com ela. A fim de apressar o parto, Cordelia convence Connor a sequestrar uma garota, para usar seu sangue em um ritual. Connor obedece, e, enquanto observa a jovem amordaçada e amarrada à espera de sua morte, recebe a visita de sua mãe Darla, que desesperadamente tenta convencê-lo a não se tornar um assassino. Darla diz que, tendo compartilhado de sua alma, o amou muito, mas Connor não aceita os conselhos da mãe, pois quando a falsa Cordelia percebe que ele está vendo e falando com alguém, ela diz ao garoto que é magia praticada por Angel, que quer o bebê deles morto. Connor acredita, a garota acaba sendo morta, e a "filha" de "Cordelia" e Connor nasce: não um bebê, mas uma mulher adulta — Jasmine, um dos [Poderes Que Valem].

Todos os que têm contato com Jasmine passam a adorá-la, até que a Fang Gang descobre que ela é uma farsa e consegue desfazer o encantamento. Connor, que desde o começo tinha visto Jasmine como ela realmente era e não se importava — tendo crescido numa dimensão infernal, as aparências nunca foram muito importantes para ele — entra em desespero, pois queria acreditar em Jasmine, queria ser feliz a qualquer custo. Após matá-la, ele invade um loja num shopping center e toma várias pessoas como reféns — pretende explodi-las e morrer junto com elas. Angel, na Wolfram & Hart, vê as cenas pela TV e, sem saída, faz um acordo com a firma maligna. O vampiro então vai até o local em que o filho está e, após libertar as pessoas mantidas como reféns, esfaqueia Connor.

Obs.: A geração de Connor, segundo Jasmine, foi possível porque a Angel era devida uma vida — que ele tinha conquistado quando passou por provas para salvar humana Darla, que iria morrer em breve de sífilis. Como a garota já havia tido sua segunda chance quando foi trazida de volta pela Wolfram & Hart, ela não pode usar esta vida "sobressalente" (The Trial). Tudo parte de um plano de Jasmine para ela própria nascer em nosso mundo.

Como parte do acordo com a Wolfham & Hart, a  existência de Connor é apagada da memória de todos os que o conheceram (exceto o próprio Angel) e o garoto passa a ter uma nova vida numa família normal — pais e irmã, além de um futuro promissor. A Angel, é dado o direito de ver seu filho uma última vez, numa residência perto de Los Angeles; pela janela, o vampiro observa Connor feliz na mesa de jantar, tendo uma animada conversa com sua família sobre a Universidade que vai começar a cursar.

Meses mais tarde, no entanto, Connor reaparece na Wolfram & Hart com seus pais — Laurence e Colleen Reilly — pois eles não entendem como o filho, após ter sido atropelado, continua vivo. Após se recusar a atender o caso (para espanto de Wesley), Angel se vê obrigado a lidar com o filho quando a família dele é atacada por demônios. O vampiro descobre que o feiticeiro Cyvus Vail, criador das memórias falsas de Connor, forçou a volta do garoto por que quer que ele mate Sahjhan e chantageia Angel ameaçando quebrar a [Abertura de Orlon] e assim desfazer o feitiço que protege o filho. Angel então convence Connor a matar Sahjhan, mas assim mesmo o feitiço é desfeito quando Wesley (que estava investigando o caso à revelia de Angel) toma a Abertura de Orlon de Vail e a quebra. Wes imediatamente relembra tudo sobre o filho de Angel, inclusive o fato de que ele, quando fugiu com o menino, acabou sendo responsável por sua ida para outra dimensão. Connor não comenta nada com Angel, mas antes de ir embora com sua família diz ao vampiro que fará de tudo para protegê-la, pois isto foi uma coisa que "aprendeu com seu pai" (Origin). 

Algum tempo depois, pouco antes da batalha contra os Sócios Majoritários, Angel se encontra com Connor em um café e o garoto confirma que recuperou sua memória. Pai e filho se reconciliam e Angel pode então, finalmente, viver — ou morrer — em paz. Antes do final, no entanto, Connor reaparece na Wolfram & Hart num momento crítico para Angel — quando este está tendo uma luta mortal com o poderoso Hamilton — e ajuda o pai. Tudo acabado, Angel manda o garoto ir para casa; Connor, a princípio, não quer ir, dizendo que ele, Angel, será destruído. Ao que o vampiro responde: "enquanto você, Connor, estiver bem, eles jamais conseguirão me destruir"  (Not Fade Away).

SUA HISTÓRIA CONTINUA NOS QUADRINHOS: EM ANGEL: AFTER THE FALL e ANGEL & FAITH  [LEIA AQUI]


Cordelia Chase/Cordy - Nascida em 22 de maio, Cordelia era a menina mais popular da [Sunnydale High]. Rica e metida, ela comandava um grupo de garotas iguais a ela (as Cordettes) e fazia da vida dos nerds um inferno. Apesar disto, acabou se juntando a [Gangue do Scooby] e namorando Xander — depois de superar a vergonha que tinha em apresentá-lo como seu namorado. Ironicamente, Xander traiu Cordy com Willow, deixando-a arrasada e fazendo com que ela, sem querer, acabasse trazendo o caos para a vida dos Scoobies após fazer um desejo para a Demônia da Vingança Anyanka (Buffy/The Wish).

Em 1999, os pais de Cordelia perdem toda sua fortuna, após serem pegos fraudando o Imposto de Renda. Pobre e desiludida, ela deixa Sunnydale e vai para Los Angeles tentar a carreira de atriz em Hollywood. 

Em LA, ela encontra Angel e passa a trabalhar com ele e Wesley na [Angel Investigations], sem muito compromisso, até que Doyle, pouco antes de morrer, passa para ela as visões que os [Poderes Que Valem] lhe tinham dado para ajudar os inocentes em perigo. Tais visões causam terríveis dores de cabeça em Cordelia, que com o tempo ficam cada vez piores.

Quando Cordy vai parar no mundo de Lorne, [Pylea] — sugada, por acidente, por um portal aberto no [Caritas] — ela de "gado" passa a princesa, devido a uma profecia local sobre um "messias com visões" que estava para chegar e lá conhece o Groosalugg, um belo rapaz com o qual deve se "acasalar" para que suas visões passem para ele; o enlace entre os dois não acontece, mas eles acabam se apaixonando. Porém, Cordy volta para casa e Groo fica em Pylea, para tentar colocar ordem no reino, pois os humanos tornaram-se livres e não mais "gado" para os cidadãos demônios que lá viviam.

Correndo risco de vida por causas das visões (que a deixam em estado de coma), Cordy recebe a visita de um representante dos Poderes Que Valem, o demônio Skip, que lhe oferece a alternativa de ser meio-demônia e assim suportar as visões e Cordy aceita — há muito tempo, aquela garota fútil de Sunnydale deixou de existir.

Angel, Connor e CordyAlguns meses mais tarde, Groo aparece em Los Angeles, depois de ter sido deposto por uma revolta popular. Ele e Cordelia reiniciam o romance, mas têm um pequeno empecilho: não podem transar, pois Cordy não quer passar as visões para Groo. O dilema é resolvido com um feitiço e os dois partem felizes para uma "lua-de-mel" no Caribe. Quando voltam, recebem a triste notícia que o pequeno Connor, que Cordy estava ajudando a criar, foi sequestrado.

Passadas algumas semanas, o apaixonado Groo percebe que Cordy não o ama e vai embora. Cordelia está perdidamente apaixonada por Angel — e o vampiro por ela — mas quando os dois finalmente vão se declarar um ao outro, Skip reaparece e avisa Cordy que ela deve mudar de nível, pois agora é um Ser Superior e ela ascende aos céus, como um anjo. Enquanto isto, Angel está sendo jogado no fundo mar por seu raivoso filho Connor.

Alguns meses se passam, Angel é resgatado por Wesley do fundo mar e fica decepcionado com o sumiço de Cordelia. Com a ajuda do [Axis de Pítia], Angel descobre que sua amada agora é um Ser Superior e chega à conclusão que nada pode ser feito. No entanto, um dia, sem mais nem menos, Cordy reaparece no Hotel Hyperion, completamente desmemoriada. Assustada com a Fang Gang, ela foge com a ajuda do filho de Angel, Connor, e passa a morar com o garoto no mocó que ele montou no sotão do Museu de História Natural (Slouching Towards Bethlehem). 

Após um feitiço realizado por Lorne, Cordy recupera a memória (Spin the Bottle); ela então conta a Angel que, quando estava no plano superior, teve a oportunidade de ver todo o passado dele como Angelus, todo o horror que o vampiro cometeu e, ainda chocada com o que viu, não quer começar nada com ele, o que deixa o vampiro bastante desapontado. Morando com Connor, Cordelia acaba transando com o garoto quando acha que o mundo está prestes a acabar (a Besta fez chover fogo em Los Angeles); ela acha que o filho de Angel nunca teve nada de real em sua vida e dormir com ele seria uma maneira de compensar isto. No entanto, não só o mundo não acaba, como Angel vê os dois juntos na cama e fica chocado (Apocalypse, Nowish). No dia seguinte, Cordy está arrependida e diz a Connor que aquilo não vai mais se repetir, para desgosto do garoto (Habeas Corpses).

Cordelia e Angel continuam a trabalhar juntos, apesar do mal estar entre eles, tentando derrotar a Besta. Sem sucesso, Wesley tem a ideia de trazer Angelus de volta, por um breve período de tempo apenas, pois vampiro conheceu a Besta no passado. No entanto, quando o grupo está para devolver a alma a Angel, descobrem que o recipiente que a contém (o Muo Ping) foi roubado (Soulless). Logo após ser "enganada" por Angelus, que finge ser Angel e consegue escapar, Cordelia revela o seu verdadeiro eu — como o vampiro havia concluído, a Besta tem um mestre e este mestre é... Cordy. Ela mata Lilah (Calvary), faz com que a Fang Gang pense que foi Angelus e se encontra com a Besta, com quem tem bastante intimidade. Mais tarde, logo após a destruição da Besta por Angelus, Cordelia revela a Connor que está esperando um filho seu e os dois voltam a dormir juntos (Salvage).

Cordelia passa a se comunicar à distância com Angelus (usando a voz da Besta) e o força a se aliar com ela, ameaçando devolver sua alma — que ela havia roubado do cofre do Hyperion (Release).

Após tentar desesperadamente evitar que Willow devolva a alma a Angel e falhar — o Muo Ping que está em seu poder se quebra acidentalmente, liberando a alma do vampiro — Cordelia manda Connor matar Angelus antes que Angel retorne, mas o garoto é impedido por Faith. Perdida esta batalha, Cordelia acaba por revelar sua gravidez a todos no Hotel (Orpheus).

Com a volta de Angel, a Fang Gang acaba por descobrir que Cordelia é quem está por trás do sumiço da alma de Angel, do massacre da famíla da sacerdotiza [Svea] e do assassinato do [Rá-Tet] Manny — e o mais importante, que era ela a Mestra da Besta. Com a ajuda de Lorne, é armada uma armadilha para a falsa Cordelia, que acaba por se revelar quando tenta matar o demônio verde. No entanto, ela consegue escapar com a ajuda de Connor, que, sob total influência da falsa Cordelia, pensa estar defendendo sua "família" (Players).

A falsa Cordelia, se sentindo encurralada pela Fang Gang, chega à conclusão que está na hora de seu bebê nascer; para apressar o parto, convence Connor a sequestrar uma garota inocente e matá-la, a fim de utilizar seu sangue num ritual. Quando os procedimentos são completados, nasce a filha de "Cordelia" e Connor — não um bebê, como era de se esperar, mas uma mulher adulta (que mais tarde receberá o nome de [Jasmine]). A verdadeira Cordelia, que nos últimos meses vinha sendo usada apenas como recipiente deste ser, entra em coma profundo (Inside Out).

Alguns meses se passam e Cordelia acorda do coma, com uma missão — ajudar Angel a reencontrar seu caminho. O vampiro, começando a duvidar de seu status de Campeão e somente com o apoio de Cordy, ele consegue recuperar a auto-estima e a confiança necessárias para continuar a boa luta. Cordy passa para Angel uma última visão, através de um beijo; o vampiro, então, sabe o que deve ser feito. No final, a verdade é revelada — Cordelia nunca acordou do coma; ela morreu e, como um favor dos Poderes Que Valem, retornou à sua forma física uma vez mais só para colocar Angel de volta no caminho certo (You're Welcome).

Doyle (Allen Francis) - Meio humano, meio demônio (Brachen, por parte de pai), o irlandês Doyle foi enviado pelos [Poderes Que Valem] para ajudar Angel em sua redenção, através das visões que tinha sobre pessoas em perigo. Doyle foi criado como humano e nunca conheceu seu pai; só descobriu que era mestiço aos 21 anos — ele estava conversando com sua mulher, a etno-demonóloga Harry, quando espirrou e seu rosto se transformou, revelando sua parte demônio. Harry até que aceitou bem, mas o próprio Doyle não, se tornando uma pessoa muito difícil de se conviver. Então, Harry o deixou. 

Algum tempo depois, a garota reapareceu (The Bachelor Party) para que Doyle assinasse os papéis do divórcio, pois estava prestes a casar-se com o demônio Richard Howard Straley, cuja família era proprietária de uma cadeia de restaurantes. A princípio relutante, Doyle acabou assinando a papelada e aceitou o convite para ir à festa de despedida de solteiro de Richard. No entanto, um dos costumes da espécie de demônio a que Richard pertencia (Ano-Movick) era comer o cérebro do ex-marido da noiva, o que só não aconteceu devido a intervenção de Angel.

Ele sacrificou sua vida para salvar dezenas de mestiços como ele, que seriam mortos por demônios racistas, os Scourge. Pouco antes de morrer, passou suas visões para Cordelia, através de um beijo — Doyle era apaixonado pela garota, mas nunca chegou a se declarar para ela (Hero).

O pai de Doyle, o demônio Brachen Axtius, é o vilão do livro Monster Island; racista, ele quer varrer da face da terra todos os meio-demônios e humanos e tinha a intenção de livrar Doyle de sua parte humana (ele descobriu uma forma de fazê-lo). Quando soube que o filho tinha morrido, culpou Angel e foi atrás do vampiro buscando vingança.

O ator que interpretava Doyle, Glenn Finn, morreu de overdose em 3 de dezembro de 2002.


Fred (Winifred Burkle) - Fred era uma brilhante estudante de Física quando, em 7 de maio de 1996, foi sugada por um portal na seção de Línguas Estrangeiras da Biblioteca Pública de Los Angeles, ficando presa numa dimensão chamada [Pylea], lugar onde os humanos eram escravos de demônios, tratados como gado.

Uma Fred mentalmente perturbada é resgatada 5 anos depois por Angel, Wesley, Gunn e Lorne, quando estes vão até Pylea em busca de Cordelia, que havia sido mandada para lá acidentalmente. Com o tempo, a garota recupera sua sanidade mental, passa a trabalhar na [Angel Investigations] e, finalmente, se apaixona por Gunn, após uma leve queda pelo belo Angel. 

Fred mora em um dos quartos do [Hotel Hyperion]; seus pais, Roger e Trish Burkle, vivem no Texas. Logo que Fred voltou para nossa dimensão, eles apareceram no hotel para rever a filha e acabaram tendo que enfrentar um inseto gigante.

Após o sumiço de Angel e Cordelia, Fred permaneceu no Hotel junto com Gunn, lutando contra as forças do Mal e cuidando de Connor. Quando descobriu o que Connor havia feito com o pai, ficou furiosa com o garoto e lhe deu choques com a mesma arma manual que Connor usara para imobilizar Angel.

No final de 2002, Fred finalmente descobre quem a mandou para Pylea: seu professor de Física na Universidade, Oliver Seidel. Ela trabalhava como assistente dele e o professor, sentindo-se ameaçado pela genialidade da aluna, a despachou para outra dimensão; Seidel também se livrou da mesma forma de quatro outros estudantes. Assim que descobre a verdade, Fred vai em busca de vingança e abre um portal na Universidade, aonde pretende jogar Seidel; no entanto, Gunn, para evitar que sua namorada se torne uma assassina, faz o serviço por ela — quebra o pescoço de Seidel e joga o corpo no portal (Supersymmetry). Após este acontecimento, a relação entre ela e Gunn se deteriora e eles acabam se separando.

Quando Angel aceita comandar afilial da Wolfram & Hart em Los Angeles, Fred passa a chefiar o Setor Científico da firma, trabalhando em um laboratório equipado com os mais modernos recursos. Quando a essência de Spike aparece na Wolfram & Hart, Fred se comove com sua história — é ela quem faz o vampiro se ver como o Campeão que é — e, achando que ele merece ser salvo, faz todo o possível para torná-lo corpóreo novamente; a garota falha, mas Spike fica muito grato à ela, se apegando à garota.

O destino de Fred é tragicamente mudado quando a cientista é infectada por um Antigo, Illyria, que se apodera de seu corpo para poder retornar ao nosso mundo. Fred morre nos braços de Wesley (com quem acabara de começar uma relação amorosa), deixando todos seus amigos desolados, sem poderem fazer absolutamente nada: no processo de ressurreição do Deus-Rei Illyria, a alma da garota foi destruída (A Hole in the World).

SUA HISTÓRIA CONTINUA NOS QUADRINHOS: EM ANGEL & FAITH e ANGEL  [LEIA AQUI]

Gunn (Charles) - Teve sua irmã Alonna transformada em vampira e teve que matá-la; desde então, odeia vampiros. Mesmo assim, juntou-se a Angel Investigations para ajudar Angel em sua luta contra o Mal. Quando mais jovem, negociou sua alma com um demônio em troca de uma caminhonete e este demônio um dia reapareceu para cobrar a dívida, o que só não aconteceu porque Angel interveio. Gunn acabou vencendo a disputa com Wesley pelo coração de Fred e os dois começaram a namorar. Quando Angel e Cordelia desapareceram sem deixar pistas, Gunn e Fred permaneceram com Connor no Hotel Hyperion, combatendo as forças do Mal, sem nunca desistir de encontrar os amigos sumidos. 

Com a volta de Angel, Gunn continua a trabalhar com ele na Angel Investigations. O namoro com Fred vai bem, até que o rapaz se vê obrigado a matar o ex-professor da namorada, Oliver Seidel — que a tinha mandado para [Pylea] — para evitar que a própria Fred se tornasse uma assassina. Daí em diante, a relação azeda e o retorno de Wesley para Fang Gang só faz piorar as coisas, deixando Gunn bastante enciumado quando o ex-Guardião revela a Fred seus sentimentos — e a garota não o rejeita de imediato. Os dois acabam se separando definitivamente. Entre outras coisas, Gunn se ressente muito em ter muitos músculos, mas pouco cérebro.

Após a derrota de Jasmine, A Fang Gang aceita a [proposta] de gerir a filial da Wolfram & Hart em Los Angeles — a capitulação de Gunn aconteceu depois dele ter sido levado até a [Sala Branca] e ter tido um encontro com uma misteriosa pantera negra (Home).

Assim que a Fang Gang toma posse das instalações da Wolfram & Hart de Los Angeles, Gunn vai até um dos laboratórios da firma e tem seu cérebro inundado com todo o conhecimento, tornando-se um super-advogado; o ex-garoto de rua é agora uma das mais fortes armas de Angel na luta contra o Mal, em uma área que antes estava desfalcada — a legal (Conviction).

Após ter colaborado involuntariamente com a morte de Fred — em troca de não perder o conhecimento adquirido artificialmente ele libera da alfândega o sarcófago de Illyria — Gunn entra em crise e, para se punir, decide que deve ficar numa outra dimensão sendo torturado constantemente por um demônio medieval. Ele chega a receber a "visita" de Hamilton, que diz que pode tirá-lo daquele lugar se o advogado fizer um serviço, mas Gunn não quer nem ouvir do que se trata. 

Salvo do lugar por Illyria (que acabou se tornando um aliado da Fang Gang), Gunn retorna ao trabalho na Wolfram & Hart, mas agora com outra visão das coisas, mais atento aos inocentes como no início — o advogado de terno e gravata é definitivamente deixado para trás. 

Na batalha final contra os Sócios Majoritários, Gunn consegue terminar a tarefa dada a ele por Angel — matar a senadora Brucker e seus asseclas — mas infelizmente se fere gravemente; mesmo assim, ele chega a ir ao encontro de Angel, Spike e Illyria, para juntos lutarem a derradeira batalha.

SUA HISTÓRIA CONTINUA NOS QUADRINHOS EM ANGEL: AFTER THE FALL e ANGEL & FAITH  [LEIA AQUI]


Illyria - Um dos Antigos (demônios originais que habitavam a Terra antes da raça humana). Estava em repouso no Poço Profundo, o cemitério dos Antigos, cuja entrada é localizada em Cotswolds, Inglaterra. Segundo o Guardião do Poço, Drogyn, o sarcófago de Illyria desapareceu, sem que ele percebesse, em 2004. Exilado a milhões de anos, o Deus-Rei Illyria (uma figura horrenda), ainda adorado em nosso Universo (...por Knox), tem seu sarcófago enviado a Los Angeles e entregue a Fred, que acaba infectada e morre em poucos dias (A Hole in the World).

Real
IllyriaApós sua reentrada em nosso mundo (usando o corpo de Fred e com a ajuda de Knox), Illyria quer destruir a humanidade, mas seus planos não vão adiante, pois seu Exército da Perdição, após milhões de anos, virou pó — quando ela (todos passam a usar o feminino para se referirem a Illyria) abre o portal que leva ao seu templo (Vahla ha'nesh), o poderoso Deus-Rei fica desolado. Wesley, que havia começado um relacionamento amoroso com Fred um pouco antes de sua morte, aceita ajudar Illyria a encontrar seu lugar neste mundo — desde que ela pare de matar gente (Shells).

Após algumas semanas no frágil corpo humano que escolheu como sua concha, Illyria está para explodir, mas é salvo por Wesley, que desenvolve uma arma que suga os poderes em excesso do Deus-Rei — que tinha a capacidade de atravessar dimensões, fazer as coisas e pessoas ao seu redor andarem em câmera lenta e falar com as plantas (Time Bomb).

Illyria, agora com seus poderes bastante reduzidos (mas ainda com super-força e a habilidade de tomar a forma de qualquer pessoa, inclusive a de Fred), com muito custo — ela acha todo mundo inferior — se integra a Fang Gang e acaba os ajudando na luta contra os Sócios Majoritários, até a grande batalha final (Not Fade Away).

SUA HISTÓRIA CONTINUA NOS QUADRINHOS EM ANGEL: AFTER THE FALL, ANGEL & FAITH e ANGEL:  [LEIA AQUI]

 

Lorne/Krevlornswath - Lorne veio de uma dimensão chamada [Pylea],um lugar que ele odiava, pois lá não havia música, arte ou sentimentos, e onde os humanos eram chamados de "gado" e tratados como tal. 

Conhecido como Krevlornswath do Clã Deathwok, Lorne sempre sonhara em deixar Pylea, até que em 7 de maio de 1996, quando estava passeando pela floresta, um portal se abriu do nada e ele foi sugado, vindo parar em Los Angeles, num prédio abandonado. Ele diz que amou nossa dimensão assim que ouviu Aretha (Franklin) cantar, pois sempre gostou de música, mesmo sem saber o que era. Seu desaparecimento acabou se tornando um grande mistério para seu Clã; sua família tinha esperança de que ele tivesse buscado absolvição pelos seus erros sacrificando sua vida no desfiladeiro de Trelinsk.

Lorne retorna a Pylea somente uma única vez, não exatamente por livre e espontânea vontade, mas sim para ajudar Angel, Wesley e Gunn a resgatar Cordelia, mandada para lá por engano. Sua família, amigos e conterrâneos não ficaram nada satisfeitos em vê-lo de volta, pois ficou claro que ele não havia sacrificado sua vida no desfiladeiro de Trelinsk...

Lorne é também conhecido como o Anfitrião porque ele, por algum tempo, teve um bar de karaokê em Los Angeles, o [Caritas],onde humanos e demônios podiam se reunir harmoniosamente (ou desarmoniosamente, dependendo de quão mal, como Angel, eles cantavam...). Escutando as pessoas (ou demônios) cantarem, Lorne é capaz de "ler" suas auras e predizer suas intenções; ele mesmo adora cantar e tem uma bela voz. A leitura de Lorne pode ser "enganada" se indivíduo tomar uma dose de essência de calêndula antes do procedimento.

Após a destruição do Caritas, Lorne passa a morar no [Hotel Hyperion], onde Angel, baby Connor e Fred moram e onde funciona a Angel Investigations, e por diversas vezes ele banca a babá para o filho de Angel.

Entretanto, Connor é sequestrado por Holtz e levado para uma dimensão infernal e, quando volta (duas semanas depois), já não é mais um bebê e sim um garoto de 16 anos, com muito ódio de demônios e vampiros. Sentindo-se desconfortável em continuar morando no mesmo lugar que Connor — que foi muito agressivo com o "tio" Lorne, só pelo fato dele não ser humano — Lorne decide ir para Las Vegas, onde poderá dar impulso a sua carreira como show-man.

A estada dele no paraíso dos jogos, no entanto, não corre como ele esperava — Lorne acaba prisioneiro do dono do cassino onde trabalha (The Tropicana), Lee DeMarco, depois que o homem descobre seus poderes de prever o futuro das pessoas enquanto elas cantam. Lee obriga Lorne a ler a mente de fãs presentes ao seu show, após matar uma das garotas (Lornettes) que se apresentam com ele. Se alguma destas pessoas apresenta um futuro promissor, este é roubado, deixando-as completamente sem objetivo na vida. Lorne é libertado quando a Fang Gang vai para Las Vegas visitá-lo e descobre o que está acontecendo. Ele então volta com o grupo para Los Angeles (The House Always Wins). 

Assim que chegam ao Hyperion, encontram lá Cordelia, que estava desaparecida. Ela está sem memória e Angel pede a Lorne que leia sua mente. Após ouvir Cordelia cantar horrivelmente, Lorne fica apavorado com o que viu — algo muito maligno está para chegar. A firma Wolfram & Hart fica sabendo sobre o acontecido, ataca Lorne e rouba tudo o que está guardado na sua mente, deixando o pobre demônio verde num estado miserável. 

Lorne se recuperou do incidente e, junto com a Fang Gang, enfrentou a Besta e Jasmine, salvando o mundo mais uma vez. Finalmente, ele (bem como fizeram todos seus amigos) aceitou a [proposta] da Wolfram & Hart, seduzido pela ideia de estar em contato direto com as mais importantes figuras de Hollywood representadas pela firma de advocacia.

No final, Lorne ajudou a Fang Gang nas horas antecedentes à grande batalha contra os Sócios Majoritários, cumprindo a tarefa dada por Angel — exterminar o clã de demônios Sahrvins e matar Lindsey. Em seguida, ele foi embora, porque, segundo ele, já havia dado a sua cota de colaboração na luta contra o Mal.

O ator que fazia o Lorne, [Andy Hallett], morreu de problemas no coração, causados por uma infecção dentária, em 29 de março de 2009.


SUA HISTÓRIA CONTINUA EM ANGEL: AFTER THE FALL  [LEIA AQUI]


Spike - Para biografia anterior de Spike, consulte [Personagens Buffy] - Dezenove dias após a destruição de Sunnydale, Spike reaparece (incorpóreo) em Los Angeles, na Wolfram & Hart — ele surge do amuleto, enviado para Angel em um envelope sem remetente (Conviction).

A primeira coisa que Spike quer saber é se Buffy está bem e assim que Angel informa que ela está na Europa, quer ir atrás dela, mas não consegue pois está preso ao amuleto e o amuleto pertence a Wolfram & Hart (Just Rewards).

Spike passa semanas sem um corpo físico, só contando com a ajuda de Fred, que tenta de tudo para rematerializá-lo (segundo as palavras dela, Spike é um Campeão e merece ser salvo), sem sucesso. Mesmo incorpóreo, Spike passa a ajudar a Fang Gang, enquanto ele e Angel irritam um ao outro sem parar, principalmente por causa do ciúmes de Angel em relação a Buffy e pelo fato de Spike ter se tornado também um Campeão (Unleashed, Hellbound, Life of the Party, The Cautionary Tale of Numero Cinco, Lineage).

Um belo dia, outra correspondência sem remetente chega a Wolfram & Hart — desta vez uma caixa — e, quando aberta pela secretária de Angel, Harmony, faz com que Spike volte a ter um corpo material; ele transa com Harm. 

O universo vira um caos e os dois vampiros com alma são avisados de que até que um deles beba do [Cálice do Tormento Perpétuo], as coisas continuarão confusas, pois a existência de Spike provocou um grande desequílibrio na ordem das coisas. Spike e Angel lutam pelo Cálice, Spike vence, bebe do Cálice e o Universo volta a se acalmar. No final das contas, tudo parece ter sido uma farsa montada por Lindsey e Eve e a volta do equílibrio só aconteceu devido à intervenção dos Sócios Majoritários (Destiny).

Corpóreo novamente, Spike decide deixar Los Angeles e ir atrás de Buffy — decisão que ele repensa após algumas horas. O vampiro, que já havia até comprado passagem de navio, na última hora desiste de viajar, pois acha que após ter morrido "numa maldita fogueira gloriosa, salvando o mundo" não pode aparecer três meses depois vivo e bem — seu ato heroico iria perder o sentido (Harm's Way).

Em uma de suas primeiras missões como protetor dos inocentes, Spike tenta ajudar uma Caça-Vampiros enlouquecida (Dana) e acaba tendo suas mãos cortadas por ela; levado à ala hospitalar da Wolfram & Hart, o vampiro tem suas mãos reimplatadas e, para Angel, faz uma confissão — nunca havia pensado nas vítimas de seu passado sem alma, nunca havia refletido sobre a natureza da maldade; para ele, tudo sempre foi apenas diversão. Mutilado por Dana, Spike se deu conta que não tinha o direito de reclamar — pois se ele nunca fez mal à garota e à sua família, ele matou milhares de outras famílias iguais a dela (Damage).

Mesmo não se dando muito bem, Angel e Spike acabam tendo que trabalhar juntos devido às circunstâncias, até que em um certo momento, Angel chega a conclusão que ele e Spike não podem continuar ocupando o mesmo espaço e oferece ao rival o cargo de "agente independente": Spike pode escolher qualquer lugar do mundo e lá combater o mal. Spike aceita a oferta (A Hole in the World).

Mas devido a evolução dos fatos — Fred, infectada por um Antigo Deus-Rei, acaba morrendo — Spike muda de ideia novamente. Ele, que tentou ajudar a salvar a garota, acha que seu lugar é em los Angeles, onde ele sente que algo muito grande e ruim está para acontecer (Shells).

Antes das coisas piorarem em Los Angeles, Spike e Angel ainda têm um tempo para irem à Itália, numa dupla missão — buscar a cabeça de um demônio (que seria ressuscitado em Los Angeles, após os rituais apropriados) e salvar sua amada Buffy das mãos do "terrível" Imortal (arqui-inimigo dos dois desde o século retrasado...). Durante toda a estada em Roma, os dois vampiros discutem quem seria o melhor homem para Buffy, enquanto correm atrás dela e do Imortal, sem sucesso. E ainda conseguem perder a tal cabeça. De volta aos Estados Unidos, Angel e Spike descobrem que ela já está na Wolfram & Hart... junto com um simpático cartão com os melhores desejos do Imortal. Em relação à Buffy, os dois vampiros decidem seguir o conselho de Andrew — que em Roma disse a eles que Buffy ama os dois, mas que é melhor seguirem em frente, como ela já fez (The Girl in Question).

Antes da batalha final contra os Sócios Majoritários, toda a Fang Gang se dispersa — cada um vai fazer o que mais lhe apraz, segundo sugestão de Angel. Spike vai a um bar... participar de um concurso de poesia! Séculos depois de ter sido humilhado numa festa por [Cecily] e os amigos dela (o que acabou causando sua morte e transformação em vampiro), o poeta William é aplaudido de pé quando lê sua obra em homenagem à mulher amada:

My soul is wrapped in harsh repose,
Midnight descends in raven-colour'd clothes
But soft — behold! — a sunlight beam
cutting a swath of glimmering gleam
My heart expands — 'tis grown a bulge in't
Inspired by your beauty... effulgent.

Incentivado pela platéia, Spike continua, recitando o Desatino Devasso de Minha Mãe... 

Com a alma lavada, Spike parte então para cumprir a missão dada a ele por Angel — acabar com os Irmãos Fell e resgatar o bebê que eles adotaram para sacrificar quando este completasse 13 anos. Spike é bem sucedido e em seguida se junta a Angel, Illyria e Gunn no beco atrás do antigo Caritas para enfrentar o exército demoníaco (incluindo um dragão e um gigante) que os Sócios Majoritários mandaram sobre eles (Not Fade Away).

SUA HISTÓRIA CONTINUA EM ANGEL: AFTER THE FALL  [LEIA AQUI]
SUA HISTÓRIA CONTINUA EM BUFFY EM QUADRINHOS  [LEIA AQUI]
SUA HISTÓRIA CONTINUA EM ANGEL & FAITH - NONA TEMPORADA  [LEIA AQUI]


Wesley Wyndham-Pryce - Inglês, já foi (ou tentou ser) Guardião de Buffy e Faith — as garotas, os Scoobies e Giles não levavam o pobre Wes muito a sério; sua formalidade exagerada o fazia parecer um "perdedor" nato. A única pessoa que lhe dava atenção — por razões estritamente pessoais — era Cordelia, que o achava muito charmoso. Wesley também se sentia atraído pela garota e, apesar de chegarem a ter se beijado um dia, nada aconteceu entre eles. Wesley tem uma relação difícil com o pai, Roger Wyndham-Pryce, que sempre o menosprezou.

Após Buffy ter "dispensado" seu Guardião e se recusado a continuar seguindo às ordens do Conselho, Wesley acabou sendo demitido. Então, ele deixou Sunnydale e tornou-se um caçador de "demônios vigaristas", até o dia em que encontrou Angel em Los Angeles e juntou-se a [Angel Investigations], oferecendo sua experiência como pesquisador. Quando Angel teve mais uma de suas crises existenciais e despediu Cordy, Gunn e o próprio Wesley, este tornou-se chefe da equipe (eles decidiram continuar o trabalho sem Angel), e assim continuou mesmo quando o vampiro voltou a trabalhar com eles — pelo menos por um tempo.

Wes namorou por um período Virginia Bryce, garota rica cujo próprio pai tentou sacrificá-la, a fim de obter mais poder e dinheiro. Mais tarde, se apaixonou por Fred, mas a perdeu para Gunn.

Enganado por uma profecia falsa criada por Sahjhan ("o pai vai matar o filho"), Wesley leva o bebê Connor para longe de Angel, e o resultado é desastroso: Connor acaba sequestrado pelo arqui-inimigo de Angel, Holtz, e os dois vão parar numa dimensão infernal, para desespero de Angel. 

O vampiro não perdoa Wesley e tenta matá-lo na cama do hospital onde Wesley está se recuperando do corte na garganta infligido por Justine, mas é impedido a tempo. Desde então, Wesley está sozinho e amargurado, magoado com os amigos que não quiseram nem mesmo ouvir sua versão da história.

Em uma noite solitária, ele encontra a maligna advogada Lilah Morgan num bar e os dois acabam dormindo juntos; assim que terminam, ele a manda embora. Wes e Lilah continuam a se encontrar durante todo o verão seguinte. Também durante este período, Wesley procura incansávelmente por Angel; ele mantém Justine presa em um armário de sua casa, a fim de forçá-la a contar onde no oceano, exatamente, foi jogada a caixa com Angel dentro. Wes consegue resgatar o vampiro e, como ele está bastante fraco, alimenta Angel com seu próprio sangue. Em seguida, o leva para Gunn e Fred e conta tudo sobre a responsabilidade de Connor no sumiço do pai (Deep Down).

Nas semanas seguintes, Wesley continua a ajudar a Fang Gang, ainda que o clima entre eles esteja estremecido. Com o passar do tempo, Wesley se reintegra ao grupo, mas agora é uma pessoa sofrida, quieta e a amizade com Angel já não é a mesma. Ele termina o relacionamento com Lilah, pois acha que não deve ficar com alguém que está do lado Mal. Quando a ex-amante é morta por Jasmine/Cordelia — e todos pensam que foi assassinada por Angelus — Wesley corta-lhe a cabeça para ter certeza de que ela não voltará como vampira.

Após a derrota de Jasmine e a volta das coisas ao "normal", a Fang Gang recebe uma [proposta] da Wolfram & Hart para tomarem conta da filial da firma em Los Angeles. Wesley é seduzido pela extensa biblioteca que a W&H possui e, como os outros, acaba aceitando o acordo. Na visita que faz ao prédio, Wes aproveita para ir aos arquivos onde os contratos dos funcionários (com o diabo) são guardados e queima o assinado por Lilah, que mesmo após a morte está presa a ele. No entanto, o ato é inútil, pois tais contratos são indestrutíveis; Lilah, presente à tentativa, mesmo assim agradece comovida (Home).

Wesley, juntamente com a Fang Gang, passa a trabalhar na Wolfram & Hart, tendo uma vasta biblioteca a sua disposição. Apesar de não lembrar de nada o que aconteceu em relação ao pequeno Connor (a memória da existência do garoto foi apagada, exceto em Angel), Wes continua sendo uma pessoa triste e quieta.

Para tumultuar as coisas, o pai de Wesley, Roger Wyndham-Pryce, aparece em Los Angeles com a desculpa de precisar testar o filho para que possa voltar ao Conselho deos Guardiões; na verdade, o que Roger quer é roubar um instrumento místico para tirar a vontade de Angel. Ele consegue; mas quando está fugindo, ameaça matar Fred e Wes não tem dúvida: atira no pai, matando-o. Em seguida, descobre-se que não era o verdadeiro Mr. Roger e sim um robô, mas o fato de ter atirado no próprio pai deixa Wesley muito abalado (Lineage).

O sofrimento dele piora quando o feitiço realizado para apagar a memória da existência de Connor é quebrado e ele relembra todo o drama (Origin).

Daí para em diante, as coisas só pioram. Apaixonado por Fred desde sempre, Wes finalmente consegue começar uma relação com a garota, que acaba sendo bruscamente interrompida quando o Deus-Rei Illyria toma o corpo da namorada; Fred morre em seus braços (A Hole in the World). E Wesley mata [Knox],um dos responsáveis pela ressurreição de Illyria (Shells).

Na batalha final, Angel dá a Wesley a tarefa de matar Cyvus Vail; ele não só falha, como acaba ferido, morrendo nos braços de Illyria, que finge ser Fred para consolá-lo (Not Fade Away).

SUA HISTÓRIA, POR MAIS INCRÍVEL QUE PAREÇA, CONTINUA EM ANGEL: AFTER THE FALL:  [LEIA AQUI]


[VOLTAR]