#16 - #26

  1. Old Demons
  2. Freaky Giles Day
  3. Triggers
  4. In Pieces on the Ground


#16 - Old Demons - Parte 1
Rebekah Isaacs
17JUN2015


STEVE
MORRIESRebeakah
Isaacs

Buffy, Giles, Willow, Spike, Xander e Dawn discutem sobre a nova ameaça, Archaeus, e de como sua chegada coincide com a aparição de outros três outros vilões: o Devorador de Almas, a Mestra e o Escultor. Apesar de terem reforçado as barreiras entre a Terra e as dimensões infernais (usando o livro Vampyr), as atividades demoníacas estão cada vez mais fortes. Giles explica que Archaeus não é um Antigo; estes não podem ser mortos. Ele é no entanto um Lorde Demônio, não tão poderoso, mas até mais esperto quanto à estratégias e planejamento.

Spike conversa com Xander e Dawm sobre suas inseguranças em relação a iminente chegada de Angel. Ele lembra que da última vez, assim que se encontraram, Angel/Twilight e Buffy logo partiram para o sexo. Xander tenta amenizar, dizendo que foram "horas" e não no mesmo instante... Dawn acrescenta que os dois estavam sob a influência de uma força mágica e que agora Buffy é a namorada dele. Spike, no entanto, retruca que Buffy não é de ninguém; se fosse, não seria ela.

Xander também tem suas inseguranças em relação à presença de Angel - ele deu uma surra no vampiro logo após o vampiro ter matado Giles; ele revela que a partir daí que começaram seus problemas de controle da raiva, uma coisa que ele internalizou desde criança*, mas que se fez presente desde os acontecimentos na cratera de Sunnydale. Xander conta que as consultas com o Dr. Mike - uma coisa que Dawn não sabia - o tem ajudado bastante. Spike diz a Xander que ele não precisa se preocupar com Angel, pois com a culpa católica dele, provavelmente o vampiro gostou de apanhar e vai querer mais...

*Xander teve pais horríveis, que viviam brigando.

Spike, nervoso, de espada na mão, decide que deve ir atrás de Archaeus, mas é dissuadido por Giles; o vampiro fica bravo, diz que não quer ficar esperando um idiota qualquer chegar como se fosse a cavalaria, quando não há nada que ele (Angel) possa fazer que ele mesmo não seja capaz!

Buffy chama Spike para um conversa em particular; eles vão até o quarto onde são guardadas as armas e o vampiro pede desculpas à Buffy por estar agindo como um idiota; explica que com a história que existe entre ela e Angel, com o que aconteceu entre eles da última vez que se viram... Buffy diz que

Uma força cósmica que fez com que nós pudéssemos voar, mover montanhas e mudar as correntes marítimas queria nós dois juntos para sermos os pais de um novo universo. Destino, fatalidade, magia suficiente para criar novos mundos e, apesar de tudo isso... eu disse não e abandonei tudo.

Buffy diz que Angel é parte do seu passado. O que ela é agora... Spike faz parte disso; a presença de Angel não vai mudar nada. Spike fica mais sossegado, os dois se beijam e o vampiro promete que não vai mais se comportar mal. Dawn, que tinha escutado a conversa, diz a Buffy que ela se saiu bem; Buffy, no entanto, diz que

Eu o amei. Eu lutei com ele. Eu o matei. Eu o odiei... e agora... eu não sei o que sinto por ele. E isso é que me assusta mais.

Willow chega trazendo Angel. Ele e Buffy se encaram; ele estende a mão para um cumprimento, ela os braços para um abraço. Após alguns segundos de constragimento, os dois finalmente se abraçam. Angel pede um minuto para falar com a Caça-Vampiros a sós e Willow oferece seu quarto.

Angel diz que foi chamado, mas se quiserem podem o mandar embora, pelo que ele fez com ela, com Giles... Buffy diz que ele trouxe Giles de volta e Angel argumenta que não pensou em como isso afetaria - afetou - o ex-Guardião e que sua ressurreição não muda as escolhas que fez ou deixou de fazer; ele pede desculpas. Angel diz que passou muito tempo pensando no que aconteceu e Buffy diz que não pensou o suficiente, que não tinha certeza de como se sentia. Angel quer saber então como as coisas estão e Buffy diz que são complicadas, mas tudo está... suficientemente bem.

Logo ela abre a porta do quarto e chama Spike - que curiosamente está por perto - e Angel fala que ainda tem mais coisas para falar, quer ter certeza de que está tudo bem entre os dois e que discutir estratégias pode esperar um minuto. Buffy responde que também tem o que falar, mas que muito tempo se passou - isso de mãos dadas com Spike, para espanto de Angel. Angel fica bravo com Spike, diz que estão prestes a encarar uma guerra e Spike tenta distraí-lo com isso; Spike imediatamente se defende, dizendo que ele queria contar sobre ele e Buffy, para dar um tempo para Angel refletir durante a viagem... Buffy completa que ela mesma achou que certas coisas devem ser ditas cara a cara, que é assim que pessoas maduras lidam com esse tipo de situação. Angel corta a conversa, diz que está tudo bem e sai do recinto.

Giles diz a Angel que, quando ele falou que Faith não viria, ele lembrou de como as coisas ficaram entre os dois, pois ele foi um pouco insensível quando eles se viram da última vez*; Angel diz que a Caça-Vampiros não veio porque está envolvida com algumas coisas em Londres, na Cidade Mágica, mas que está tudo bem, muito bem.

*
Giles foi trazido de Londres para San Francisco por Kennedy e Faith logo após sua ressurreição e, tendo se reencontrado com Buffy, praticamente esqueceu-se de Faith na mesma hora (New Rules).

Giles fica constrangido e Xander, para mudar de assunto, fala sobre os sonhos que Spike tem tido, onde se vê matando pessoas; Dawn completa que o responsável na verdade é Archaeus; e que, como existe uma ligação entre ele e sua descendência, eles o chamaram. Ela quer saber se Angel também está tendo pesadelos e ele confirma que sim, inclusive sonhando com o massacre de freiras - a especialidade de Angelus. Angel até pensou que estava ficando louco, começou a duvidar de si mesmo. Spike conclui que Archaeus os atacou primeiro por eles serem os únicos entre suas "crianças" que têm alma e que podem resistir a ele.

Os Scoobies decidem então ir caçar Archaeus; Buffy entrega espadas para Spike e Angel (para Angel ela dá a espada que Spike tinha pego horas antes), mas Giles diz que seria melhor os dois vampiros não irem, pois talvez fosse exatamente o que Archaeus desejaria, que os dois caíssem em uma armadilha, mas Spike e Angel não admitem ser deixados para trás.

Angel diz que Willow lhe contou que da última vez que viram Archaeus (durante o confronto no galpão do cais), ele apareceu através do chão e Buffy acrescenta que ele veio das galerias pluviais; estes dutos subterrâneos cobrem quase toda a cidade - Spike comenta que as usa para se locomover durante o dia. Quando todos estão no corredor se dirigindo para a porta de saída do prédio, um demônio alado invade o lugar pela janela. Logo ele fere Willow, Giles imediatamente reconhece que ela foi envenenada e a leva para dentro do apartamento de Xander e Spike. Buffy, Spike e Angel tentam matar a coisa, mas ela tem um corpo quase que indestrutível. A luta está difícil, até que Spike lembra que os apartamentos são protegidos por magia contra demônios; Buffy diz que pensou a mesma coisa. Então, ela se dirige ao apartamento de Spike e Xander, com o demônio atrás dela; Angel e Spike seguram suas pernas, ele tropeça, Buffy se abaixa e ele se choca contra a barreira mágica da porta e começa a pegar fogo; os três heróis finalmente conseguem matá-lo.

Giles realiza um feitiço antídoto em Willow e explica que o demônio é um morituri, criado especificamente para ser usado em missões suicidas; Angel acrescenta que é estranho ele estar em nossa dimensão pois é utilizado somente entre conflitos infernais e conclui que Archaeus deve ter aberto portais e isso explicaria o aumento da atividade demoníaca na Terra; Archaeus está formando um exército. Buffy diz que se Archaeus queria chamar atenção, conseguiu. Que ele irá aprender o que reescrever as leis da Magia ensinou aos Scoobies - cuidado com o que se deseja.


#17 - Old Demons - Parte 2
Rebekah Isaacs
22JUL2015

Steve
MorrisRebeakah
Isaacs

No apartamento de Buffy, Willow e Dawn, esta última está distribuindo as armas a serem usadas no confronto com Archaeus - a garota pergunta se todos vão se comportar e Buffy quer saber que "tipo de pergunta é essa?", com Giles acrescentando "não diga bobagens, parece até que temos o habito de lutar uns com os outros..." Com o rabo do olho, Buffy olha para Spike, Angel olha para Xander, Willow olha para Giles...*

*Buffy e Spike, é obvio, já tiveram grandes confrontos; Giles enfrentou a Dark Willow (Temporada 6) e Xander esbofeteou Angel após ele matar Giles (Temporada 8).

Spike se dá por vencido e diz "bloody hell, nos dê essas armas de uma vez!"

Angel nota que Xander escolheu um machado de cabo curto e o garoto explica que é melhor para ele, por causa de sua visão prejudicada. Xander aproveita o momento para se desculpar por ter esbofeteado Angel - "apesar de você ter merecido", acrescenta; ele conta ao vampiro que está fazendo terapia para tentar lidar melhor com seus problemas de raiva incontrolada e que sabe que Angel não teve culpa pela morte de Giles. Angel discorda; ele se sente responsável pelo que aconteceu e mereceu apanhar de Xander - se não merecesse, Xander estaria sem algumas partes do corpo... Xander diz que Angel deve ter muita raiva reprimida e pergunta como ele lida com isso e Angel explica que

Eu bebia, depois eu matava - matei muita gente. E agora eu mato demônios.

Xander acha interessante o que Angel disse e se pergunta se em Londres não existem muitos bons terapeutas; Angel diz que existem muitas igrejas também e é onde ele iria primeiro. Xander nota que isso o faria sofrer bastante, ao que Angel responde: exatamente.

Quando Dawn se aproxima, o vampiro diz que Willow lhe contou sobre a perda das memórias mais recentes que Dawn sofreu*, e quer saber se ela ainda se lembra dele. Dawn diz que é estranho, que ela tem as memórias falsas sobre Angel, até lembra que era meio apaixonada por ele quando ele namorava Buffy - e que está feliz por ter a oportunidade de conhecê-lo melhor agora, de verdade.

*Temporada 9 - com o final da magia e o retorno dela, Dawn voltou a ter apenas os sentimentos e emoções de quando foi criada pelos monges (Temporada 5), mas sem perder as memórias.

Distribuídas as armas, Buffy chama a atenção de todos - eles devem ir atrás de Archaeus e do artefato que ele está usando para abrir portais entre nosso mundo e dimensões infernais. Willow diz que as leituras para detectar magia que ela e Giles fizeram indicam dois caminhos diferentes a serem seguidos. A Caça-Vampiros decide que o grupo vai se separar em dois times, que estarão sempre em contato por telefone. No entanto, Willow e Giles lembram que Archaeus é um poderoso lançador de feitiços e pode prejudicar a comunicação por magia e que celulares dificilmente terão sinal nas galerias subterrâneas. Nesse momento, quem adentra o apartamento é Andrew, trazendo a solução: bananas. O garoto explica que na verdade são equipamentos do tempo em que ele estava do lado do mal, trabalhando com Warren e Jonathan; que as bananas funcionavam muito bem nos túneis subterrâneos de Sunnydale. Xander nota que, se o Trio tivesse vendido esta invenção, poderiam ter ficado milionários... mas Andrew explica que na verdade tudo o que eles usavam foi roubado dos computadores do governo.

Andrew pergunta se Angel já sabe sobre ele ter assumido que é gay, de ter saído do armário... e Angel pergunta se alguma vez ele esteve dentro... e Andrew retruca

Mas todo mundo sabia sobre mim?!

Buffy monta os times: Angel, Xander, Giles e Willow devem ficar juntos e Angel estranha dois poderosos lançadores de feitiços no mesmo grupo; Buffy explica que o que quer que eles encontrem primeiro, Archaeus ou o artefato, vão precisar do uso de magia poderosa e por isso Will e Giles devem estar juntos. Angel quer saber de Buffy se isso não tem nada a ver com o fato dela achar que pode ser preciso que ele seja contido, dela não confiar nele e a Caça-Vampiros confirma que isso passou pela sua cabeça; estaria ela errada? Angel, conformado, diz apenas para partirem logo.

Nas galerias de recolhimento de água de chuva, Xander pergunta se há perigo deles encontrarem algum crocodilo e Giles explica que isso é um mito; no entanto, é bom estarem alerta para ratos-aranha, pois é o ambiente ideal para eles viverem.

Willow diz para Angel não levar para o lado pessoal o fato de Buffy ter montado os grupos do jeito que ela fez; Spike já teve a experiência de ser controlado por Archaeus e conseguiu se libertar dele e Buffy só está sendo cuidadosa. Angel diz que entende. Will quer saber como as coisas estão em Londres, com Faith, ela sente alguma tensão entre eles. Angel explica que esculhambou um pouco com a vida dela, que sempre faz isso com as pessoas... Willow diz que tem uma teoria sobre isso: conta que recentemente terminou com a demônia-feiticeira Aluwyn, porque ela - Will - mudou e Aluwyn não. Que isso é uma coisa comum em relações entre humanos e imortais: humanos mudam, se adaptam, envelhecem... Angel se irrita; pergunta se isso quer dizer que Buffy estaria melhor longe dele, acrescentando que Spike é imortal também. Willow fala que Spike conseguiu sua alma há poucos anos e isso foi uma grande mudança. Angel argumenta que o mesmo aconteceu com ele, há um século, e a bruxa pergunta o quanto ele mudou, por exemplo, desde 1922? O vampiro diz que mudou muito - costumava ser um ser torturado, cheio de culpa, metade do tempo ficava isolado do mundo e na outra metade partia para grandes e loucos gestos, tentando consertar seus erros passados, e que terminavam sempre explodindo na cara dele... então ele se dá conta que continua o mesmo e encerra a conversa.

Em outra galeria, Spike fala para Buffy que ela estava certa em como montou os grupos; que ele pode até simpatizar com a situação de Angel - pois não é fácil ver uma alguém cuja vida você esculhambou tendo uma ótima relação com outro cara...

Quero dizer... as diferenças entre ele e você e você e eu são... infinitas... OK, superficialmente, somos ambos vampiros com almas... com a essência do mesmo demônio em nós... lutando contra as forças do mal. Mas olhe mais fundo e...

Spike pensa um pouco e só o que tem é

Bem, para começar, eu sou inglês e ele é irlandês! Dia e noite!

Buffy se irrita e manda o namorado ficar de guarda e segue em frente. É Dawn quem acalma Spike, dizendo que não é nada pessoal, é assim que Buffy é, sempre questionando suas escolhas. Spike diz que não está dizendo que ela não deveria, ele acha que é só uma questão de tempo para ela voltar a si (em relação a estar com ele). Dawn, chamando-o de Bisonho (o burrinho pessimista da turma do Ursinho Puff/Pooh), pede para ele se animar, pensar sobre  tudo o que eles já passaram juntos; se Buffy está preocupada em repetir os mesmos erros é por causa que eles poderiam ser ruins para Spike. A garota pede que o vampiro escute o que ela tem a dizer, como uma pessoa que vê as coisas de fora: o que ele e Buffy têm é uma coisa só deles:

Ela conhece você. Se importa com você. Confia em você. Acredita em você.

Spike concorda, mas diz que gostaria de poder dizer o mesmo dele.

Enquanto isso, mais a frente, Buffy está conversando com Andrew, sobre Angel. Ela diz que ela o machucou - literalmente, enfiando uma espada e o mandando para o inferno, que parece que só se dá conta que cometeu um erro tarde demais, quando já feriu aqueles com quem ela se importa. Andrew diz que não tem resposta para as dúvidas de Buffy, mas que pode apresentar alguma perspectiva para ela considerar - do ponto de vista de uma cara que preferiu a segurança, que enterrou fundo como ele realmente se sentia por muitos anos e que só agora está enfrentando a realidade. Andrew conta que o pior arrependimento é o tempo que ele perdeu e que nunca mais vai ter de volta; pensar de como as coisas teriam sido diferentes se ele tivesse sido honesto sobre como se sentia, se não tivesse medo. Que a pergunta "que tal se eu fizesse isso ou aqilo" não tem resposta adequada, que é uma coisa que te devora vivo. E neste momento, Buffy e Andrew são atacados por ratos-aranha. Enormes.

Na outra galeria, ratos-aranha também atacam Angel, Xander, Giles e Willow. Após darem cabo dos monstros, Angel comenta com Xander de que ele nunca gostou de vê-lo com Buffy. Xander diz que, em sua defesa, Angel acabou mesmo se tornando mau... mas que ele próprio já viajou pela estrada da traição e desde então vê as coisas um pouco diferente. Angel diz que só quer ouvir a opinião de alguém com padrões rígidos:

Ele é bom para ela? Ela está feliz?

E Xander responde:

Sim, é lógico, ele é bom para ela, ele a am- Ela parece feliz. Mas também neurótica, porque, você sabe, ela é Buffy. Mas bem mais feliz do que eu já a vi ultimamente, do meu ponto de vista.

Angel, relutante, diz que é uma coisa boa. Xander pergunta como o vampiro se sente com tudo isso, mas Angel muda de assunto; ele fala que entende o que está acontecendo com Dawn, as falsas memórias, pois teve a mesma experiência com seu filho Connor. Xander pergunta se é verdade que Connor fez reféns em uma loja, ameaçando explodir tudo* e Angel diz que foi por isso que arranjou uma falsa vida para o filho. Que meio que funcionou, mas que o que realmente importa são as memórias reais. A melhor coisa que alguém pode fazer é contruir boas memórias, reais, para aqueles a quem você ama - mesmo que isso signifique que você não esteja nelas.

*Episódio Home/Angel Temporada 4

Na outra galeria, Spike e Buffy têm que lutar contra vampiros da nova geração, aqueles que podem se transformar em morcegos (além de serem muito mais difíceis de se estaquear); um deles consegue se livrar de Spike, mas Andrew e Dawn o eliminam no ar - ele com uma arma ultravioleta e ela com uma besta. O grupo está na saída da galeria, que dá para um cais que mais parece um cemitério para navios; Buffy nota que é o lugar ideal para uma armadilha. Ali, eles logo encontram o artefato - uma caixa - que Archaeus está usando para abrir os portais. Spike diz a Andrew para usar suas bananas e avisar os outros, mas não é preciso: a galeria deles os levou para o mesmo lugar. Os heróis não têm tempo para pensar qual teria sido a intenção do vilão em fazer com que eles acabassem todos juntos - Archaeus aparece do nada, berrando ameaças, dizendo que eles são muito fáceis de se manipular.

Angel, Spike e Buffy partem para o ataque enquanto Xander tenta destruir o artefato com seu machado, sem sucesso: a arma se desmancha em cacos. Giles diz que a caixa não é de nosso mundo, que veio de uma dimensão infernal e é protegida por várias camadas de magia. Para piorar as coisas, eles são atacados por mais vampiros-morcegos. A magia de Willow não dá conta do poder de Archaeus; Buffy e Spike estão tendo dificuldades também - a Caça-Vampiros salva o namorado de quase ser esmagado pelo vilão, mas logo Spike é novamente jogado violentamente para longe e se machuca bastante.

Buffy fala que os planos de Archaeus em dividir e conquistar não deu certo; que o grupo continua unido e forte. Archaeus, no entanto, pensa diferente. Ele diz que apenas deu tempo a eles; para que o medo, as dúvidas, o ódio deles viessem à tona, fazendo com que todos ficassem suscetíveis à sua influência. Tempo para serem enfraquecidos pelos seu pior inimigo: eles mesmos. Neste momento, Angel enfia sua espada no coração de Spike.


#18 - Old Demons - Parte 3
Rebekah Isaacs
19AGO2015

Steve
MorrisRebeakah
Isaacs

Spike arranca a espada de Angel de seu coração e parte para cima do outro vampiro; Buffy, aterrorizada, pede para que os dois parem de lutar entre si. Archaeus está em êxtase: ele diz para Buffy que não estava se escondendo dela, estava dando tempo para que a raiva, o medo e o ciúme entre eles viessem à tona; acrescenta que:

Seus amantes, Caça-Vampiros, são um desafio - apesar de terem minha essência dentro deles, eles têm uma alma que os permite resistir ao meu comando - a menos que eu peça algo que eles desesperadamente sempre quiseram fazer. Você - eu faço questão de matar pessoalmente.

Andrew está examinando a caixa, origem do poder de Archaeus e o garoto diz a Giles que precisa de sua ajuda para eliminar as diversas camadas de mágica que protegem o objeto, caso contrário ele não pode nem tocá-lo; Giles, no entanto, está ocupado lançando feitiços contra Archaeus. Xander, por sua vez, fala que está muito difícil conter os novos vampiros (que estão em forma de morcegos), pois eles são muito mais difíceis de matar, com o que Dawn concorda - eles estão perdendo a batalha.

Buffy (enfrentando Archaeus) diz para Angel e Spike - que ainda estão lutando entre si - que se eles querem mesmo matar alguém, ela tem uma ideia melhor. Spike fala que ela deve dizer isso para o Testudo, é ele que está complicando as coisas. Archaeus diz que as Caça-Vampiros do passado não tinham ligações emocionais porque isso as enfraquecia, uma lição que Buffy vai aprender muito tarde; Will discorda, e lança um poderoso raio contra Archaeus. O feitiço deixa Willow confusa e Archaeus aproveita para atacá-la com suas enormes pernas, mas Buffy a salva no último minuto.

Buffy grita para Spike parar de apreciar o fato de que Angel está enlouquecido e o ajude; deve haver algo que ele possa fazer, pois conhece Angel há 100 anos! Spike diz até mais (de 100 anos) e comenta que não há muito o que dizer sobre o rival, a não ser sobre sua culpa católica e seus problemas com o pai... isso lhe dá uma ideia. Spike dá um tapana cara de Angel e grita para ele:

Você é patético! Depois de tantos anos, toda a conversa sobre poder e independência, você ainda faz o que o seu pai manda fazer. Dançando como uma marionete para agradar o papai. Não estou certo, Liam?

Archaeus começa a se enfurecer e grita para Angel que lhe deu um comando. Angel começa a imaginar seu pai gritando com ele - "você é estúpido ou apenas inútil? Faça o que eu mandei!" Neste momento, o poder de Archaeus sobre Angel é quebrado: o vampiro diz "não, nunca mais!" e parte para cima do Lorde demônio. Angel pede desculpas para Spike e este diz para Angel não exagerar...

Buffy e Willow também atacam Archaeus, jogando um monte de caixas de madeira em cima dele; a Caça-Vampiros, vendo que Angel e Spike estão de volta à luta, diz a Will que ela pode ir ajudar a quebrar o feitiço do artefato. Enquanto Giles, Xander e Dawn tentam manter afastados os vampiros-morcegos, Willow trabalha com Andrew na caixa.

Enquanto isso, Archaeus enfia duas de suas pernas de aranha em Spike, espetando-o em uma parede - mas Buffy, imediatamente, corta as pernas e liberta o vampiro e ao mesmo tempo abre um rasgo na garganta do inimigo: e dela começa a sair filetes nojentos que agarram e amarram a Caça-Vampiros e Angel (este pelas pernas, de ponta cabeça) imobilizando-os. Buffy pede que Will se apresse e ela diz que está tentando; Andrew fala que agora só restam duas camadas e Buffy diz que com duas ela pode dar lidar. Ela corta os filetes que a prendem a Archaeus, parte para cima do artefato com a Foice e o despedaça.

Os últimos vampiros-morcegos são eliminados por Buffy e Archaeus, ferido e sem a ajuda do poder do artefato, foge. Os Scoobies e Angel estão aliviados - com a caixa destruída, o perigo maior passou. O que eles não percebem, é que um pedaço da caixa está sendo levado embora por uma mão ambulante...

Horas depois, eles estão no apartamento de Buffy, levando uma bronca de D'Hoffryn, que diz que um artefato como a Porta Inquieta não pode ser destruído tão facilmente - que enquanto eles estavam se parabenizando pela vitórias, todos os fragmentos foram roubados! D'Hoffryn conta que foi informado sobre uma aliança entre o Escultor, a Mestra e o Devorador de Almas e que neste exato momento eles estão trabalhando para reconstituir o artefato e que irão vender seus poderes para que estiver interessado.

Depois de todo o trabalho que tivemos para proteger o mundo, vocês fizeram dele um lugar muito mais perigoso! Um campo de caça para demônios!

Angel pergunta a Buffy quem é D'Hoffryn e ela explica que ele é o líder do Conselho Místico (que está trabalhando na elaboração das novas Leis da Magia). Xander pergunta se não seria possível escrever no livro simplesmente que a Porta Inquieta não funciona mais? Giles diz que não, pois o livro trata da magia de nosso mundo e o artefato é originário de uma dimesão infernal. D'Hoffryn argumenta que ainda assim eles podem tomar certas medidas, criar leis que possam diminuir o perigo - mas que o principal é encontrar os três Lordes e fechar definitivamente o portal; no entanto, eles sabem disso e vão fazer do mundo um inferno, para manter os herois distraídos. Buffy diz que é preciso avisar algumas pessoas - Kennedy, Riley, Billy - sobre o que está acontecendo. Angel diz que tem contatos em Londres que podem ajudá-lo a descobrir onde Archaeus está escondido e também pode contar com a ajuda de Faith.

É hora das despedidas. D'Hoffryn vai embora dizendo que vai se reunir com o Conselho, Giles fala que vai entrar em contato com os aliados e Andrew se despede, dizendo a Angel que foi muito bom revê-lo. Acrescenta que tem um encontro com um cara e o vampiro diz que está feliz que Andrew finalmente se assumiu, acrescentando "você realmente não sabia?!" Dawn também se retira - ela tem aula mais tarde e um grupo de estudo - e Xander, tem seu emprego. Xander pergunta a Angel se está tudo bem entre eles e o vampiro quer saber porque ele se importa, já que nunca gostou dele. Xander diz que é a terapia, que está tentando ter uma mente mais aberta, acrescentando que talvez eles tenham coisas mais em comum do que ele imaginava - enquanto olham para Buffy fazer curativo no peito perfurado de Spike.

Willow avisa que o avião de Kennedy já está no aeroporto esperando por Angel. Spike diz para Angel e Buffy conversarem a sós, mas Ange quer falar com o vampiro primeiro. Buffy pede que prometam que não haverá mais lutas entre eles e Spike comenta que já tem mais furos do que um filme de Michael Bay... Spike fala para Angel que ele foi bem na luta contra o "velho", que ele mesmo já tinha passado por isso e não foi fácil. Angel diz que não teria conseguido sem a ajuda de Spike e este concorda que, quando deixam as bobagens de lado, eles fazem um bom time. Angel então se volta para o assunto principal: Spike e Buffy:

Eu posso ver que você gosta dela.

Totalmente certo.

Contanto que continue assim, tudo bem. Mas no minuto que você a machucar...

Eu vou fazer você cumprir a promessa.

Os vampiros se dão as mãos, se despedindo. Angel vai até Buffy e diz que foi bom revê-la e Buffy diz que sentiu a falta dele. Acrescenta que sabe que as coisas entre eles nunca serão simples, mas gostaria que os dois continuassem a fazer parte da vida do outro novamente. Angel concorda e Buffy quer saber se há algum problema por ela estar namorando Spike. Angel diz que tudo que sempre quis é vê-la feliz e ela parece feliz. Os dois se abraçam, Buffy dá um beijo no rosto do vampiro e pede que ele "investigue" as mídias sociais - e Angel se defende, dizendo que já está lidando bem com telefones celulares...

Angel deixa o apartamento de Buffy com Willow. Will diz que deve ter sido difícil a conversa com Buffy e Angel diz que até que foi fácil... porque é uma coisa que não vai durar mesmo. Will fica brava, dizendo que adora Angel, mas se ele está pensando em atrapalhar o namoro entre Buffy e Spike... Angel explica que jamais faria isso, mas que não seria preciso, de qualquer maneira. Amargurado, acrescenta que Willow estava certa, que imortais não mudam - com ou sem alma, ele é ainda Spike:

Ele se fixa em alguém e decide que este alguém vai resolver todos os seus problemas, dar a sua vida um significado, fazer com que ele pare de se odiar. Mas isso não acontece e no final, ele afugenta as pessoas, confirmando o que ele acredita sobre si mesmo, fazendo ele se afundar em autopiedade por uns tempos. E aí, começa tudo de novo.

Willow diz que isso soa muito- Angel completa a frase:

Duro. É como se eu estivesse torcendo para que isso acontecesse - e, vamos ser honestos, parte de mim está mesmo. A outra parte gostaria de pensar que há uma chance para pesoas como nós. Mas eu já vivi muitos anos. E nunca vi um final feliz. Minha experiência... é que a felicidade é que sempre acaba.



#19 - Freaky Giles Day
Rebekah Isaacs
Colaboração no texto: Nicholas Brendon (Xander)
23SET2015

[Veja preview]

                                              Homenagem ao Hulk
Steve
MorrisRebeakah
IsaacsHulk

Willow, Buffy, Xander e Giles estão em casa reunidos; Giles está muito feliz - Willow pode fazê-lo adulto outra vez! Mas o feitiço de envelhecimento rápido só terá duração de um dia; 48 horas causaria sua morte - e só pode ser realizado uma única vez.

Dawn chega na sala avisando que o pai dela e de Buffy está ao telefone e quer almoçar com as filhas no dia seguinte. Buffy não quer falar com ele e reclama que esses encontros nunca significam coisas boas. Xander comenta que Hank Summers devia estar na Espanha, mas Buffy conta que agora ele conseguiu um emprego em uma empresa de computação no Vale do Silício - e acrescenta:

Mamãe morrendo não foi o suficiente para fazer ele vir para cá, mas a chance de conseguir um emprego em uma startup fez ele descobrir as maravilhas de voar.

Xander diz que sabe como as coisas são, os pais dele também nunca foram bons exemplos de paternidade, e fala para Buffy ser cuidadosa, pois pode parecer que Hank tenha mudado, mas no fundo continuar o mesmo sacana. A Caça-Vampiros diz que tem mais coisas com que se preocupar e pergunta para Willow do que ela precisa para realizar o feitiço e a bruxa lhe dá uma lista de ervas e marca um encontro dali a duas horas no apartamento de Giles.

O feitiço é realizado com sucesso e Giles torna-se adulto novamente - um pouco mais jovem do que originalmente era. Ele vai imediatamente ao encontro de Olivia, sua namorada de ocasião, e os dois transam. Ele também fala pelo Skype com suas tias-avós em Londres, Sophronia e Lavinia*, para contar a novidade para elas - e as duas ficam horrorizadas com o "envelhecimento rápido", com os efeitos colaterais como rugas ou estrias...

*As duas são centenárias, mas por magia permanecem com aparência de mulheres de 30. Angel & Faith

Giles volta para o apartamento de Buffy porque Olivia foi trabalhar. Will nota que isso está acontecendo muito: Spike está trabalhando em um caso com a polícia e ela mesma tem uma entrevista com Theo Daniels* e se tudo der certo, ela finalmente estará empregada novamente. Giles sugere que ela se vista mais apropriadamente, como uma mulher de negócios, mas Willow dispensa o conselho, pois onde vai trabalhar tudo é bastante casual e livre.

*Daniels é um programador que desenvolveu um programa chamado TinCan, uma espécie de Facebook para demônios poderem se comunicar interdimensionalmente. BtVS Nona Temporada

Giles então sugere para Buffy e Xander que eles deviam investigar os 3 lordes demônios que estão desaparecidos; Buffy é de opinião contrária, eles nem devem estar em nossa dimensão pois roubaram o artefato (Porta Inquieta) para abrir portais. Giles sugere pesquisar em livros e Xander diz que já fez isso na Internet, que hoje em dia todo mundo sabe sobre as coisas supernaturais e todos agem como Guardiões... De qualquer maneira, Buffy acha que devem esperar os vilões atacarem antes, para só depois agirem. A Caça-Vampiros está irritada; está quase na hora dela ir ao encontro do pai; ela chama Dawn e Giles diz que poderia dar um conselho sobre a situação, mas Buffy corta a conversa. Ela diz que não precisa mais de um Guardião, que gostaria de alguém que a ajudasse com as coisas da vida adulta - e acha que Giles não é a pessoa certa para isso. Giles fica ofendido e vai embora batendo a porta.

Buffy e Dawn estão almoçando com o pai e a Caça-Vampiros, ainda bastante mau humorada, pergunta se Francesca gostou da mudança para os Estados Unidos e Dawn a corrige: o pai não está mais com ela, sua nova namorada se chama Paige. Hank revela que os dois vão se casar e solta a bomba: Buffy não é bem-vinda no casamento. Ele e a noiva - que tem um casal de filhos de outro casamento - conversaram bastante e chegaram à conclusão que ter Buffy por perto é muito perigoso, coisas ruins acontecem ao redor dela. Dawn fica furiosa, mas Buffy diz que o pai está certo sobre ela ser perigosa para os outros, citando as mortes de Tara, Anya, Jenny Calendar e Giles.

Giles e Xander passam a tarde jogando videogame, com Giles reclamando que perdeu toda sua habilidade do dia anterior quando ainda era garoto e de como ele não tem nada para fazer, pois abdicou de tudo (relacionamentos, família, música) para ser Guardião... Xander sugere então que eles vão tomar uma cerveja. Mais tarde, quando eles estão deixando o bar, um portal se abre e dele sai um demônio!

Buffy e Dawn já deixaram o restaurante e o pai para trás; Dawn ainda está revoltada, mas Buffy diz que ela devia ir ao casamento se quiser, que o pai é sua única família. Dawn discorda, Buffy é sua família, alguém que sempre esteve com ela, quando a mãe morreu, quando ela precisava de ajuda na escola, quando ela se transformou em uma gigante.

Quando mamãe morreu, você foi os meus pais, Buffy!

Enquanto isso, Giles e Xander estão tentando se defender do demônio e o ex-Guardião está tendo problemas em usar seus poderes mágicos, que diminuíram bastante depois dele ter envelhecido. Xander está sendo atacado e pede que Giles faça alguma coisa! Ele opta então por usar um método mais tradicional: quebra uma vitrine de uma loja de penhor, pega um violão e bate na cabeça do inimigo, enquanto Xander aproveita a distração para usar uma placa de sinalização que arrancou da calçada e terminar o serviço, enfiando o cabo no peito do demônio. Willow chega no final da luta e Giles pede que ela imediatamente desfaça o feitiço, pois precisa de suas habilidades mágicas para enfrentar o que vem por aí.

Uma hora mais tarde. Giles e Buffy estão no terraço do prédio onde moram; eles conversam sobre tudo o que aconteceu no dia. Giles diz que Hank nunca foi um pai de verdade para ela, depois de Buffy dizer que, apesar de tudo, ele está certo em não querer ela por perto. A Caça-Vampiros diz que está tudo bem, pois ela sempre teve com ela uma figura paterna - Giles. Buffy pergunta quantas horas ele ainda tem como adulto e Giles diz que 1, 2 horas; Buffy então quer saber quais são os planos dele e Giles responde:

Nenhum.

Os dois se abraçam e choram.



#20 - Triggers
Megan Levens
21OUT2015

[Veja preview]

2020

Buffy e Spike são chamados pelo detetive Dowling para investigarem um caso que parece ser supernatural: Jean Anthony alega ter sido agredida sexualmente, mas não houve violência - o que ela própria reconhece. A garota trabalha em um Centro de ajuda para mulheres que sofrem abuso e não consegue entender como, por sua própria vontade, permitiu não só a entrada de um homem estranho em sua casa, como fez sexo com ele. Após perceber uma foto do indivíduo em um dos painéis do Centro - do dia da inauguração do lugar 40 anos atrás - Jean procurou a divisão da Polícia que lida com assuntos supernaturais.

Assim que ouvem a história, Buffy e Spike imediatamente chegam juntos a conclusão que se trata de um incubus. Spike explica para Jean que é um tipo de demônio que se alimenta da energia vital através do ato sexual e que tem habilidades mais do que hipnóticas - e ela compreende porque, mesmo sentindo que o que estava acontecendo não era certo, não pode fazer nada a respeito.

Enquanto a garota conversa a sós com Buffy, Dowling comenta com Spike que finalmente ele e Buffy estão juntos, o surpreendendo; o vampiro quer saber se está muito evidente e o policial diz que é um detetive treinado... Spike pergunta se existe algum problema em relação a isso e o Dowling diz que pelo contrário, que sempre se perguntou porque os dois não estavam namorando. Spike diz que eles têm muita bagagem, não apenas entre eles, mas em relação a relacionamentos em geral - parece que nunca acabam bem. Dowling comenta que, pelo que Buffy lhe contou, ela parece ser uma pessoa que se afasta quando percebe que as coisas estão ficando sérias. Spike acrescenta:

Isso quando ela não enfia uma espada no cara... minha ficha também não é muita limpa, é claro...

Jean conta para Buffy um pouco sobre o que faz no Centro; ela trabalha com vítimas de abuso sexual e violência há 10 anos e que sabe como as mulheres muitas vezes são consideradas culpadas pelo que aconteceu, que elas mesmas se culpam. De repente, ela se viu na mesma situação de abuso com que lida todos os dias. Buffy diz que o homem retirou dela o direito de escolha - e promete que ele vai pagar por isso, que ela vai fazer com que ele não machuque mais ninguém.

No apartamento de Xander e Spike, Xander está sozinho em seu quarto, jogando video game - bem, completamente sozinho não, pois tem a companhia de dois gatinhos e da Anya Fantasma. Ela reclama que ele está num estado miserável - barba por fazer, precisando urgentemente de um banho - e Xander pergunta se ela pode sentir o cheiro! Anya explica que não, mas pode ver o desleixo, acrescentando que os pobrezinhos dos gatinhos sentem o mau cheiro... nesse momento, os dois percebem que um dos gatinhos pode ver Anya e Xander fica contente pois isso significa que ela é "real" e não uma visão de uma mente distorcida... Spike e Buffy de repente abrem a porta do quarto, assustando Xander:

Eu poderia estar nu, fazendo coisas pelado!

Buffy pergunta o que morreu ali e Spike diz que foi "a dignidade e o  respeito por si mesmo de Harris". Buffy diz que entende que Xander não está trabalhando no momento e que a situação com Dawn é realmente chata, mas que ele precisa reagir: o Detetive Dowling quer uma assistência em um caso de exorcismo e como ela e Spike já estão ocupados e Willow está se adaptando ao novo emprego, seria uma boa ideia se ele e Giles pudessem juntos irem resolver o problema. Xander se anima, perguntando se vai ter direito a usar um distintivo.

Giles, Xander (sem distintivo) e Dowling chegam à casa onde uma médium costuma atender seus clientes; Giles logo decreta que a mulher não passa de uma charlatã lidando com forças com as quais não deveria. O Detetive explica que Lana Pasternak* vem agindo de forma estranha deste a última sessão, falando com vozes estranhas, mas quando entram no local a coisa está ainda pior: a mulher está completamente possuída, levitando e com aparência demoníaca. E a entidade avisa "Lana não está mais aqui".

*Uma referência ao poeta e romancista russo Boris Pasternak, autor do livro Dr. Jivago, cuja personagem principal se chama Lara Antipova.

No apartamento de Buffy, a Caça-Vampiros está no chuveiro quando Spike entra no banheiro falando que pesquisou na Internet e viu que o incubus anda atacando no bairro Mission já há algumas décadas; é um tipo de demônio que não teme a luz, mas que prefere atacar durante a noite. Do chuveiro, Buffy diz que estará pronta em um minuto. Spike pergunta se ele pode se juntar a ela, pois está "precisando de um banho também", mas Buffy diz que já terminou. O vampiro estão se aproxima e abre a cortina, falando que tudo bem, ele vai entrar antes que a água fique... Buffy é pega de surpresa e chuta o namorado para longe ...fria.

Bloody hell, Slayer!

Imediatamente, ela sai do chuveiro (não sem antes vestir o roupão) e corre até Spike, que está caído ao lado da pia, onde bateu a cabeça. Ela pergunta se ele está bem e gagueja que ele a pegou de surpresa, que agiu por instinto... Spike concorda, mas lembra que ela vestiu o roupão antes de vir até ele. Acrescenta que é uma coisa natural, devido ao caso em que eles estão trabalhando no momento... Buffy discorda:

Não, não é, é o oposto de natural. O que aconteceu em Sunnydale...* não foi você. Não você você. Nós já conversamos sobre isso!

*Seeing Red/Buffy
Sexta Temporada

É. Naquela época eu era um monstro brincando de ser homem. Não fui muito bem sucedido. Agora eu tenho uma alma. Novas regras. Mas encarar o passado não faz com que ele deixe de existir, não é mesmo?

Buffy apenas diz que está ficando tarde e eles devem ir, antes que alguém mais se machuque.

Enquanto isso, Giles e Xander estão exorcizando Lana - e Anya aparece para ajudar o ex-namorado. Quando da mulher começa a surgir um ectoplasma, este agarra a Anya Fantasma e Xander consegue libertá-la jogando água benta na coisa. Giles é bem sucedido no exorcismo e, pouco antes de retomar a consciência, Lana diz a Xander que a alma de Anya está em paz e que a entidade que ele vê não é ela!

Buffy está no Centro com Jean; ela pergunta para a Caça-Vampiros onde está seu parceiro, o cara loiro, e Buffy diz que ele está patrulhando o bairro. Em relação ao incubus, ela conta que ele costuma matar suas vítimas e tem preferência atacar mulheres que ajudam outras mulheres - e que gosta de usá-las antes, como fez com Jean. Então, provavelmente logo ele estará de volta para terminar o serviço. E é o que acontece: através da porta de vidro, ele convence Buffy a abrir a porta e ela, totalmente tomada pelo feitiço do incubus, obedece. O homem diz que sabe que ela é a Caça-Vampiros, que a esteve observando e, quando se inclina para beijá-la, Spike chega arrebentando a porta e distraindo o incubus. Buffy, livre de sua influência, o mata com a Foice. Jean agradece ao casal e comenta que quando se sabe do que se trata - algo sobrenatural e não alguma loucura de sua mente - é mais fácil encarar o problema. Buffy concorda - os monstros preferem agir nas sombras, ser um segredo sobre o qual ninguém quer falar.

De volta ao apartamento, Xander está com a Anya Fantasma e ela está entusiasmada com o fato de ter sido possível ser agarrada pela entidade - isso significa que ela poderia também ter lutado contra o ectoplasma e que, no futuro, poderá ajudar Xander. Xander diz que tem algo para contar, mas desiste, preferindo assistir com Anya luta-livre na TV.

No apartamento de Buffy, Willow e Dawn, Buffy comenta com Spike que foram anos tentando esconder o sobrenatural das pessoas, acreditando que elas ficariam apavoradas com a verdade, quando teria sido melhor saberem, seria mais fácil para elas lutarem contra o mal. Spike diz que o lado dele sempre se perguntou sobre isso... Em seguida, o vampiro quer falar sobre o que aconteceu mais cedo no banheiro e Buffy pede apenas que ele pare ali mesmo:

Você está prestes a fazer um discurso sobre o quanto você se arrepende, o quanto você é horrível, como se estivesse se desculpando, mas na verdade está focando em você mesmo. Certo? Spike, me escuta. A gente já conversou sobre isso mais do que uma vez. Mas alguma coisa ruim aconteceu comigo. Muita coisa ruim aconteceu comigo. Eu morri. Eu perdi minha mãe. Meu pai basicamente me repudiou. Tudo isso ainda me afeta. Mais do que o que o seu antigo... mais do que o seu ataque. Mas às vezes, aquele momento volta, também, como todas as outras coisas. Faz parte de quem eu sou. Vem com o pacote. Só é um problema quando você espera que eu diga que tudo está bem todas as vezes. Porque eu preciso lidar com isso sozinha, do meu jeito.

Spike, sem jeito, fala

Eu... gostaria de ajudar, se pudesse...

Buffy explica o que ela precisa:

Você poderia perguntar. Toda vez vai ser diferente. Algumas vezes eu posso querer que você se afaste. Sem ficar todo arrasado por causa disso. Apenas me de um tempo.

Spike entende e sinaliza que está saindo:

Certo. Perfeitamente entendido... Eu vou-

Mas Buffy o interrompe:

E às vezes eu vou precisar disso.

E corre para os braços do namorado.


Em um túnel em algum lugar, Fantasma Anya está conversando com alguém/algo invisível; a voz diz que Xander está em um estado vulnerável e que ela desempenhou sua tarefa muito bem. "Anya" diz que não sabia, quando está com Xander não lembra destes encontros. A voz diz que é melhor assim, para ela não traí-lo. "Anya" diz que ele prometeu que não vai machucar Xander e a voz diz que vai honrar o compromisso. "Anya" comenta que Xander descobriu algo e que pensa que ela não sabe. E pergunta:

Eu não sou Anya, não é mesmo?

E a voz responde:

O que importa? Quando tudo terminar, você vai ser tão real quanto ela já foi.



#21 - In Pieces on the Ground
- Parte 1
Rebekah Isaacs
18NOV2015 (26OUT2015 GooglePlay)

[Veja preview]

Steve
MorrisRebeakah Isaacs

Apartamento de Buffy e Willow. Buffy e Spike estão na cama (e dois dos  gatinhos do vampiro estão junto) assistindo o noticiário no notebook - uma força conjunta entre a aeronáutica dos Estados Unidos e da Argentina conseguiu eliminar um gigantesco gorila com chifres que estava aterrorizando a cidade de Buenos Aires. Segundo o âncora do jornal, o especialista em assuntos supernaturais Graham Miller* afirma que ataques originados em outras dimensões aumentaram bastante nos últimos tempos.

*Miller era agente da [Iniciativa] e é um dos melhores amigos de Riley.

Miller relata que os ataques têm acontecido em lugares pouco prováveis, dando os exemplos de demônios de gelo em Ontário (Canadá) e centopeias voadoras em Pisa, Itália - essas criaturas estão invandido o nosso mundo em lugares onde não existem bocas do inferno ou qualquer outro tipo de portal pré existente. A Caça-Vampiros desabafa:


Porque Buffy A Idiota permitiu que três lordes demônios pusessem suas mãos em um gerador de portais.

Spike tenta animá-la, dizendo que eles estão tentando encontrá-los, mas que eles são bastante evasivos e Buffy retruca que o que mais incomoda é não estar no campo de batalha. Neste momento, a campainha toca e Spike diz que deve ser a janta dela; o casal sai da cama (Spike de cueca) e vai para a sala.

Buffy ressalta que D'Hoffyn e o seu Conselho estão trabalhando 24 horas por dia no caso e o vampiro diz que ele adora liderar o Conselho e reclamar do mesmo ao mesmo tempo; e que eles, afinal, também estão fazendo alguma coisa - Buffy completa "mas sem nenhum resultado" e acha que devem seguir em outra direção- Buffy abre a porta e dá de cara não com a janta, mas com a Caça-Vampiros Satsu!*

*Buffy e Satsu dormiram juntas - BtVS Oitava Temporada

Satsu pergunta se chegou em uma hora ruim e Buffy, meio embaraçada, diz que não, imagina, e apresenta ela a Spike. Spike diz que já a conhece, da época em que estiveram lidando com a Seed of Wonder*. Ele pede licença, dizendo que precisa por suas calças...

*Nos escombros de Sunnydale - Last Gleaming, BtVS Oitava Temporada

Satsu pergunta a Buffy se Spike sabe o que aconteceu entre elas e emenda que não é por causa disso que ela está ali - e se ele não sabe, a Caça-Vampiros está deixando óbvio. Spike escuta o que a garota disse e confirma que sabe e não é certamente a pessoa certa para recriminar experiências juvenis - e acrescenta: fiquem à vontade para compartilhar histórias, se quiserem... ao que Buffy responde com uma careta, "não, não se sinta a vontade"; Satsu comenta que quando os conheceu eles eram tão legais e misteriosos...

Buffy finalmente pergunta o motivo da visita de Satsu, que aparceu sem ao menos telefonar antes, o que teria sido mais educado e menos embaraçoso... Satsu diz que está ali porque quer que Buffy ajude o... exército. Buffy fica indignada:

O exército que declarou as Caça-Vampiros inimigas do Estado e declarou guerra contra nós, matando muitas delas?

Satsu explica que as pessoas responsáveis por essa política ou estão presas ou mortas, mas Buffy lembra das centenas de soldados que alegremente obedeceram as ordens dadas por eles. Satsu se irrita; ela diz que tudo o que Buffy acabou de dizer se aplica a Angel e ela o perdoou - e que ela não venha com a desculpa de que "ele estava possuído"! Buffy diz que ele estava, sim, parte do tempo (não, não estava, Buffy, somente quando matou Giles), e que Angel é uma pessoa que se deixa levar quando se trata de destino... e então ela se dá conta que deve estar sendo espionada pelos militares. Satsu diz que estavam de olho é em Angel - afinal, ele tentou acabar com o mundo e de repente aparece nos Estados Unidos, o que chamou a atenção de certas pessoas. E revela que Riley está trabalhando com o exército também. Mas Buffy está irredutível - ela não se conforma que

Eles. Mataram. As nossas irmãs. Amigas que morreram em nossos braços. Não posso acreditar que logo você esqueceu disso.

Satsu diz que não as esqueceu, que ainda lembra da batalha no Tibet, de meninas que deviam estar preocupadas com o baile da escola morrendo afogadas em seu próprio sangue. Mas isso ficou no passado. Ela mostra em seu tablet o massacre que a centopeia gigante perpetrou em Roma: 300 pessoas foram mortas, entre crianças, idosos e famílias inteiras. Para cada ataque de demônio que Buffy ouviu falar, aconteceram mais três que os militares conseguiram parar antes que houvesse vítimas fatais. Eles tem recursos que mais ninguém tem, somente eles podem enfrentar tamanha ameaça. Mas ainda assim, precisam de ajuda de pessoas que saibam enfrentar o supernatural e é por isso que ela procurou Buffy. A Caça-Vampiros, finalmente convencida, diz que ajudará - mas só falará com Satsu ou Riley e mais ninguém e que não aceita receber ordens. Mas Buffy acha que duas pessoas a mais não farão muita diferença e Sastsu concorda: é por isso que eles vão precisar da ajuda dos... vampiros.

Mais tarde, Buffy, Spike e Satsu estão reunidos com Giles; ele explica que nosso mundo tem determinados lugares onde as barreiras entre os universos são mais frágeis, como no caso das bocas do inferno e mesmo assim, é preciso um feitiço ou uma fonte de energia mística para abri-los; e como estes locais são conhecidos, eles podem ser vigiados constantemente. Mas com a Porta Inquieta, os portais entre duas dimensões podem ser abertos em qualquer lugar; e como o artefato foi criado em uma dimensão infernal, ele não está sujeito as leis do nosso mundo. O triunvirato de demônios (Devorador de Almas, Mestra e Escultor) estão trazendo demônios de todos os lugares e eles acabam com uma dívida pela "viagem", fazendo com que os três Lordes ganhem muito poder. Satsu agradece Giles pela explicação e diz que ele é um menino adorável... deixando Giles chateado porque agora garotas bonitas só se referem a ele como se estivessem falando de um panda vermelho...

Buffy comenta que entende que os vampiros não gostam dos militares, mas duvida que ela própria seja uma opção melhor; mas Satsu revela que foram eles mesmos que sugeriram seu nome - afinal, a Caça-Vampiros fez acordos com eles antes.

Um helicóptero vem buscar Buffy, Spike e Satsu para levá-los ao local do encontro com os vampiros; Spike lembra que agora há dois tipos: os antigos e os da nova raça e Satsu diz que os militares tentaram falar com ambas as facções, mas que eles só aceitaram negociar com Buffy e Spike. Buffy pergunta se os vampiros não pensaram que o exército poderia jogar uma bomba neles e Satsu explica que eles tomaram providências para evitar isso: a reunião acontecerá em um local público, cheio de humanos, em Las Vegas. Buffy acha a ideia bem esperta e quando pergunta quem a teria tido... o helicóptero sobrevoa o Cassino e Resort Bacanal, em cuja placa está escrito Bem Vindos a VampCon acima de uma foto de... Harmony Kendall.

Buffy e Spike são recebidos por Vicky A Vampira* e Harmony montada em um unicórnio. Harm dá as boas vindas aos "amigos" Spike e Buffy e o vampiro discorda da parte "amigos", já que da última vez que se viram ela lhe deu uma pancada na cabeça. Harmony desconsidera, dizendo que aquele encontro acabou resultando na existência dos unicórnios...**

*New Rules
**Day Off (or Harmony in My Head)


Buffy explica porque quer fazer uma trégua e se aliar aos vampiros e Vicky concorda com tudo, mas esclarece que eles não são uma monarquia - seu "povo" precisa ser convencido de que a aliança é uma boa ideia. Harmony acrescenta que os vampiros têm suas tradições e Vicky diz que o lado dela gosta de espetáculos de força. Spike imediatamente entende o que as duas vão sugerir: um julgamento por combate. Buffy pergunta se isso existe mesmo fora de Game of Thrones e Spike responde que foram eles roubaram a ideia! Buffy e Spike terão que abater um vampiro antigo e um da nova raça; se eles conseguirem, o trato está feito.

Na hora da luta, quem apresenta os contendores é Clem, o velho amigo de Spike e atual secretário de Harmony. Para surpresa de Buffy, ela tem que enfrentar Golgotha, um musculoso e enorme vampiro da nova raça...

Enquanto Buffy está no octógono, Spike está no camarote VIP com Harmony; a vampira inícia uma conversa dizendo que finalmente Spike conquistou sua princesa - e que ele não tente negar, pois ela pode sentir o cheiro um do outro neles. Ela diz que é uma coisa adorável e pergunta como as coisas estão indo agora que um de seus amores não-correspondidos foi correspondido. Spike diz que não é da conta dela, mas Harm continua:

Olhe para ela... você não aguenta uma mulher como ela... dou pra vocês um mês no máximo.

Spike se irrita e diz que Harmony não sabe nada sobre ele e Buffy, Mas Harm lembra dos tempos em que fingia ser a Caça-Vampiros para ele, se vestia como ela e fazia o que ele queria. Spike diz que isso foi séculos atrás, que ele mudou. A vampira continua dizendo que, ironicamente, então ela deve estar errada:

Você não venerava Buffy, não a idealizava como um ideal perfeito de mulher, algo impossível de se alcançar; alguém que nenhuma pessoa real poderia ser. Você não está começando a notar que muito do que você amava era apenas uma fantasia... agora que a realidade está desabando sobre você... não que você admitiria isso para mim, ou para você mesmo. Eu te conheço muito bem.

Spike manda Harmony calar a boca, mas ela continua:

Você vai fazer de tudo para afastá-la, para deixá-la infeliz, para machucá-la... para que ela termine com você. Então poderá bancar o mártir, o herói romântico que foi abandonado pela mulher que amava. Como aconteceu com Drusilla e com aquela outra cuja foto eu achei em um dos seus livros de poesia... de quando você era humano... parece que o nome dela era... Cecilia?*

*Cecily, Fool For Love/Buffy/Quinta Temporada

Spike perde a paciência:

Você está ERRADA. Errada sobre mim e sobre nós. E se você não calar a boca eu juro que vou fechá-la para você!

Neste momento, acaba a luta no octógono: Buffy é a vencedora. Spike é o próximo; a namorada pede que ele seja cuidadoso. Buffy vai então para a área VIP, onde está Vicky - agora é a vez dela de "conversar" com Buffy. Quando Buffy diz que não está preocupada com Spike, a vampira diz que ela demonstra confiança demais nele. Buffy explica que não é isso

É óbvio que vocês não ficaram de boca fechada e ele está furioso. O cara de vocês não tem nenhuma chance.

Vicky diz que talvez ela tenha razão. Que é possível tirar o vampiro da cripta, mas não o monstro do vampiro. Buffy diz para ela parar de tentar causar problema entre os dois, porque não vai funcionar. Vicky responde que não é preciso, pois sabe que Buffy vai largar ele logo, logo:

Você é do tipo de garota que quer o que não pode ter e se entendia com o que pode. Mas você tem uma saída. Só precisa fingir ficar muito chocada quando ele começar a mostrar como ele é realmente; diga que ele se tornou mau, enfie uma estaca nele, o mande para o inferno.

Spike vence a luta - mas não estaqueia o vampiro. Vicky diz que Buffy pensa que é porque agora ele é um bom garoto, mas que ela já está muito velha para o negócio do torturado bad boy. Buffy manda Vicky calar a boca, do contrário vai enfiar uma estaca nela; Harm chega e separa as duas, dizendo que agora o acordo está selado entre eles. Buffy fala que os militares entrarão em contato com os vampiros e que o problema não é mais dela e vai embora com Spike, ambos mau-humorados. Harmony e Vicky comemoram, dizendo que as duas formam um bom time.

O helicóptero vem buscar o casal; Satsu nota que alguma coisa aconteceu e pergunta se está tudo bem com eles. Buffy e Spike desconversam, dizem que estão apenas cansados e fartos com os vampiros que deixaram para trás.

Na noite seguinte, Spike sai sozinho para um encontro. Em um bar, uma garota está a sua espera: é Dylan, uma antiga conhecida.*

*Spike: Into the Light, escrito por James Marsters (Spike); Dylan foi inspirada em sua mulher Jasmine Marsters.

O vampiro fala que não sabia se deveria ter vindo - muita coisa mudou desde que se viram pela primeira vez tempos atrás. Dylan diz que sem mudanças, a vida se torna chata. Spike nota que ela sempre vê o lado bom das coisas.



#22 - In Pieces on the Ground
- Parte 2
Rebekah Isaacs
23DEZ2015

MorrisIsaacs

[Veja preview]

Willow está visitando a empresa de tecnologia de Theo Daniels, seu provável novo local de trabalho. Ela fica impressionada com o local e bastante surpresa quando descobre que Daniels está trabalhando em conjunto com os militares, o Conselho Mágico de D'Hoffryn e a empresa de segurança comandada por Kennedy, a Deepscan. Will não gosta nada de saber que poderá ter que trabalhar com o exército americano, pois foi a instituição que promoveu a perseguição contra as Caça-Vampiros, causando muitas mortes entre elas.*

*Temporada 8; os militares eram liderados por Angel/Twilight.

Daniels explica que as pessoas que comadavam na época ou foram presas ou estão mortas e que agora a filosfia é outra; o lugar é um verdadeiro centro de operações contra a atividade demoníaca que vem ocorrendo ao redor do mundo e dali todos os cantos da Terra podem ser monitorados em tempo real. Willow é apresentada a Lake Stevens, do Departamento de Defesa e diz a ela que não pode resolver nada sem antes conversar com Buffy, mas a mulher logo pede a Will que mantenha segredo do encontro, por pelo menos uma semana, por motivo de segurança nacional, acrescentando que os militares vão mandar um representante para falar com ela também.*

*Satsu, edição anterior.

Spike está no bar conversando com Dylan; ele começa dizendo que já faz alguns anos que eles se encontraram e que agora ele está namorando... e a garota pergunta se ele pensou que ela mudaria toda sua vida por um cara com que ela conviveu por apenas dois dias! Spike se apressa em negar, explicando que queria só deixar as coisas claras desde o início e que ela não pode negar que existiu uma atração entre os dois na época e que se conheceram; Dylan concorda.

Spike então pergunta a Dylan por que ela o procurou depois de tanto tempo: a garota conta que na verdade, depois de descobrir exatamente o que ele era - um vampiro - assistindo Harmony expondo estas criaturas na TV, ela pensou em procurá-lo, pois foi muito ignorante depois dele ter se transformado em vampiro enquanto salvava a ela e a um bando de crianças de um demônio assustador anos atrás.*

*Spike: Into the Ligth

Vendo que na realidade ele tinha sido heroico, ela realmente pensou em largar tudo e ir atrás dele, mas que acabou se dando conta que na verdade, ela queria mudar de vida, ir embora para outro lugar e lutar para que seu sonho se tornasse realidade: viver de sua arte (a pintura). Que adultos não colocam outra pessoa em um pedestal, não fazem dela um ideal romântico e decidem que ela é a chave da felicidade; Spike, meio sem jeito, concorda com ela. Dylan completa dizendo que ele a ajudou a chegar a esta conclusão. Ela então entrega o convite de sua primeira exposição e os dois se despedem.

No apartamento, Willow está no computador e Buffy lidando com um cesto de roupa suja; as duas estão discutindo sobre a visita de Will à empresa de Theo Daniels e sobre o fato dele estar trabalhando com os militares. Buffy está brava porque a bruxa escondeu dela a visita e fica ainda mais irritada quando Willow revela que aceitou o emprego que Theo lhe ofereceu. A Caça-Vampiros lembra Will que os militares foram responsáveis por muitas mortes, citando uma jovem Caça-Vampiros, Tabira, que cresceu sob a opressão do Talibã e acabou morrendo em seus braços no Tibete.*

*Temporada 8

Willow diz que lembra muito bem, mas que ela tem que deixar isso para trás, porque as coisas não revolvem somente ao redor dela. Buffy fica furiosa, sai batendo a porta, deixando o cesto no meio da sala.

Mais tarde, já a serviço da empresa de Daniels, Willow ajuda com sua magia o exército a derrotar gigantescos cérebros voadores que mantém dezenas de pessoas sob seu controle, em Montana.

No apartamento de Spike e Xander, enquanto o vampiro alimenta seus três gatos (que estão em cima do balcão da cozinha), Buffy assiste na TV o noticiário que relata a vitória de Will e dos militares em Montana. A Caça-Vampiros diz que Will poderia ter teletransportado eles até lá e que ela facilmente daria conta dos cérebros voadores e Spike a consola dizendo que eles têm mais tempo para procurar os Lordes Demônios, fechar os portais de uma vez por todas e acabar com todos estes ataques. Buffy (enquanto faz agrado em um dos gatos) pergunta se ela está sendo idiota e egoísta e se Willow é quem está certa e Spike diz que pode entender os dois lados - eles têm os mesmos interesses que os militares, mas já viu guerras entre antigos aliados também. Spike começa a lavar a louça (!!!) e Buffy encontra no balcão o convite para a exposição de Dylan Turner; Spike diz que é uma antiga amiga e Buffy fica feliz em saber que ele tem amizade com uma pessoa normal, acrescentando que eles deveriam ir para dar apoio a ela. Spike começa a dizer meio sem jeito que a garota não foi sua namorada, mas- Buffy o interrompe dizendo que ela não se importa com isso, que nos últimos meses, eles trabalharam com 3 exes dela; o que a incomoda é esconder coisas dela, primeiro Willow e agora o namorado... Spike se defende dizendo que não estava escondendo nada, só não tinha decidido se iria ou não à exposição ainda; que conviveu com Dylan por apenas dois dias há alguns anos e que ela não precisa criar caso por causa disso. Buffy, na defensiva, diz

Certo. Aqui vou eu outra vez. Me fazendo o centro das coisas de novo.

Spike se apressa em dizer que não foi isso que ele quis dizer e se desculpa, dizendo que sempre estraga as coisas quando elas são importantes para ele e que deveria ter contado que Dylan o procurou. Que queria pensar sobre o assunto, tratá-lo de maneira apropriada - mas Buffy diz que ele só precisa ser honesto com ela, ser seu amigo antes de tudo. Os dois então se abraçam.

É tarde da noite e Willow ainda está trabalhando. Não demora muito para Lake Stevens puxar conversa com ela, dizendo que este trabalho demanda muito tempo de suas vidas e que ela acabou perdendo sua namorada por causa disso. Dois dias depois as duas estão jantando em um restaurante fino e Lake parece estar tentando convencer Will de que ela deve deixar as velhas amizades de lado (isto é, Buffy), pois isto é o que acontece quando as pessoas se tornam adultas - cada um segue seu caminho, e a não ser por alguma interação pelas redes sociais, não têm mais motivo para uma convivência frequente, citando o exemplo dela própria e de seus amigos que têm uma visão diferente da dela de como consertar as coisas no mundo ou que agora têm família e filhos para cuidar. Enquanto fala, Lake está dando em cima de Willow descaradamente, segurando sua mão, enquanto bebem vinho em um clima romântico.

Spike e Buffy chegam na galeria e são recebidos por Dylan. A garota fica feliz em conhecer a garota sobre quem "William" ou falava sem parar ou sofria em silêncio durante todo o tempo em que passou com ela. Spike elogia o trabalho de Dylan, dizendo que é brilhante e que melhorou bastante desde a última que se viram, estando agora "mais preciso e ao mesmo tempo mais espontâneo". Dylan diz que é o que acontece quando a pessoa amadurece e descobre coisas sobre si mesmo; ela imagina que a poesia de William não é mais a mesma de quando ele era "um menino apaixonado" - e Spike confessa que ele não tem escrito nada ultimamente... Então Dylan diz que eles podem escolher qualquer peça, que é um presente, pois graças a Spike, ela parou de procurar respostas nos outros e olhando para dentro de si mesma se descobriu, o que possibilitou desenvolver sua arte. Spike então escolhe uma cena diurna, árvores e um céu azul e nuvens brancas (Será que Spike sonha em se tornar humano e curtir a luz do sol???); Dylan achava que ele escolheria esse, pelo que conhecia dele. O casal se despede de Dylan e ela dz que eles devem manter contato.

Chegando em casa, Spike nota que Buffy está chateada - ela diz que é a briga com Willow que a está incomodando. Ela pergunta se está sendo horrível e Spike diz que não há nada de horrível defender suas convicções. A pergunta que ela deveria se fazer é se o fato de Willow ter uma convicção diferente muda as coisas entre elas. Buffy argumenta que quando Willow terminou com Aluwyn foi porque ela própria havia mudado e a namorada não - e isso era uma coisa que Willow não conseguia aceitar. Buffy diz que quer aceitar, mas- o namorado então sugere que ela converse com Willow. Os dois se despedem com um beijo e quando Buffy abre a porta de seu apartamento, encontra Willow - que raramente está em casa agora, por causa do trabalho (as duas vinham se evitando há dias também).

As amigas conversam - Willow diz que acha seu trabalho importante e Buffy diz que não consegue aceitar o que ela está fazendo. Mas que ela tem problemas com o que Riley está fazendo também. Com 80% do que Andrew faz. Muitas coisas que Xander, Giles e Spike fazem a irritam. Até mesmo Dawn. Que elas têm sido melhores amigas por muito tempo, que lutaram contra namorados malignos, e deusas malignas e Primeiros Mal(s) e que ela jamais deixaria que se tornarem adultas fosse a coisa que as separaria.

Estou certa?
Eu realmente espero que sim.

E as duas vão atacar a geladeira à procura de sorvete...



#23 - In Pieces on the Ground - Parte 3
Megan Levens
20JAN2016

[Veja preview]

MorrisIsaacs

Em seu apartamento em Oakland, Andrew está conversando com o holograma do amigo que matou*, Jonathan, que está bastante chateado com sua situação incorpórea.

*Sétima temporada.

Ele pergunta a Andrew se ele pelo menos pode baixar a última temporada de Dr. Who via torrente, mas Andrew lembra que isso é pirataria, que rouba os ganhos dos criadores e que priva o maquiador da BBC* de poder comprar diversas coisas...

*Canal de TV inglês

Jonathan quer saber quando Andrew vai lhe construir um corpo e reclama que o amigo está gastando muito de seu tempo em um site de encontros para gays. Ele diz que invadiu a conta e que o cara que se diz interessado nele é um poser, que nunca leu quadrinhos. Andrew diz que isso é invasão de privacidade - mas imediatamente bloqueia o falso nerd.

Em relação a um novo corpo. Andrew diz que já tentou de tudo: clonagem, faria dele um bebê, e animar cadáveres é bem mais complicado do que a mídia faz parecer; que eletricidade não dá vida, só causa um cheiro de carne suína queimada que é difícil de tirar da roupa. Ele está no meio da frase quando uma visita bastante inesperada aparece em seu apartamento: o Escultor. Ele propõe a Andrew um trato: criará um corpo para Jonathan em troca da Foice de Buffy.

Enquanto isso, Buffy, Spike, Willow e D'Hoffryn, juntamente com os membros do Conselho Mágico - formado por Brahma, Keiko (jovem morta no dia do casamento pelo noivo, típico personagem de filme japonês de terror), Monarck (fada), O Homem Silencioso (que tem os olhos e a boca costurados) e Matango (um ser em forma de cogumelo gigante*) estão na barragem Hoover em Las Vegas, lutando contra um gigantesco kraken (monstro semelhante a um polvo), que invadiu nosso mundo através de um portal.

*Nome inspirado no filme de terror japonês Matango, A Ilha da Morte/O Ataque dos Homens Cogumelo (1963)

D'Hoffryn lembra Buffy que ela não deve matá-lo, só enviá-lo de volta para casa, pois ele tem uma função ecológica muito importante em sua dimensão... Willow está tentando reabrir o portal, mas encontra dificuldade por causa das regras escritas* no livro. O kraken tem Buffy presa em um de seus tentáculos quando finalmente o portal é aberto e é salva no último minuto por Spike, que, carregado pelo ar por Keiko, a puxa para a segurança –  e ela avisa o vampiro para ele não rasgar seu vestido de noiva (que já está em péssimas condições, manchado de sangue), senão ela vai tomar a alma dele como dote...

*No início da temporada, os Scoobies e D'Hoffryn concordaram em escrever no livro Vampyr que as barreiras entre as dimensões e o nosso mundo seriam reforçadas, dificultando a invasão de seres indesejados.

Buffy está furiosa – ela quase foi levada junto com o kraken para outra dimensão. D'Hoffryn minimiza a reclamação da Caça-Vampiros, dizendo que se tivessem a perdido, teria sido um honroso sacrifício, o que enfurece a garota ainda mais. Willow chega para apaziguar, dizendo que todos estão lutando contra invasões 24 horas por dia e estão muito cansados. Buffy não concorda; ela acha que não foi cansaço e sim puro desleixo. Lake Stevens (Chefe do Departamento Defesa e namorada de Will) se aproxima e diz que Buffy está certa, que deveriam acertar plantões para cada time - ao que Buffy responde muito mal: o exército não manda nela e ela vai aonde quiser. Spike fala para Buffy se acalmar, que Lake só quer ajudar, e que um conselho da inteligência militar é sempre apreciado e novamente Buffy não gosta do que ouve e pergunta ao namorado “de que lado ele está”. Spike responde que está do lado daqueles que preferem manter “as dimensões infernais nas dimensões infernais, o lado que ele acha que todos estão.” Agora é a vez de Will ficar brava – enquanto embarca no helicóptero com Lake, ela diz que está cansada das discussões entre eles e acrescenta que Buffy deve fazer o que quiser, enquanto ela e o exército cuidam de outras ameaças; apenas que mantenham uns aos outros informados para que não acabem no mesmo lugar, enfrentando o mesmo inimigo. Buffy tenta se explicar, dizendo que não está querendo ser estúpida, mas que avisou que não aceitaria ordens do exército, mas Willow diz para deixar pra lá.

Buffy se apoia nos ombros do namorado e pergunta se tem que ser sempre assim tão complicado e Spike diz que tudo faz parte de estar em guerra – mexe com os nervos. D'Hoffryn lembra a Caça-Vampiros que ela tem em mãos uma poderosa arma: o livro Vampyr – e que deveria usá-lo, mas Buffy acusa o Demônio da Vingança de querer mais poder; D'Hoffryn então sugere que os membros do Conselho Mágico recebam alguns privilégios, que sejam válidos apenas enquanto fizerem parte do Conselho e Spike concorda que ter uma carta na manga como o livro e não usá-lo é bobagem, do jeito que a situação mundial se encontra. É então que Monarch, a fada - um dos membros do Conselho - esclarece que todos são de reinos ou dimensões diferentes e frequentemente têm interesses conflitantes, com D'Hoffryn acrescentando que o povo dela não pode mentir. Keiko diz que entende  o potencial do livro de ter consequências não desejadas, mas que os inimigos que estão enfrentando no momento oferecem um perigo muito maior e tanto Brahma como o Homem Silencioso e Matango concordam. Buffy se vê voto vencido e concorda em discutir o assunto, mas com Giles presente.

No apartamento de Buffy, Willow e Dawn, a irmã mais nova da Caça Vampiros está estudando com dois colegas da faculdade; dando um tempo nos livros, ela está contando que quer trabalhar com serviço social, aconselhar pessoas que passam por algum tipo de trauma, como ela já passou, incluindo perder sua mãe. Os jovens estão no meio desta discussão tão normal entre seres humanos normais, quando adentram na sala Buffy, Spike e todo o Conselho Mágico! A amiga de Dawn se apavora com Keiko, a noiva morta:

Eu a vi e agora vou morrer!

Keiko se apressa em explicar que ela só morreria se tivesse visto o vídeo do casamento – o que é uma pena, pois é maravilhoso... O cara que filmou optou por fazê-lo em P&B e o noivo odiou e por isso a matou afogada... Dawn diz a Buffy que parece que ela tem algo importante para discutir e que ela e seus amigos podem ir estudar em um café próximo - mas a irmã retruca que ela e o Conselho irão para o apartamento de Giles – e que o que ela está fazendo é muito importante, que ela deve se dedicar e lutar por isso, o que deixa Dawn meio confusa. Ela deixa o apartamento e o amigo de Dawn comenta que Buffy é muito sexy e pergunta se ela tem namorado; Dawn diz que Buffy namora um vampiro...

No apartamento de Andrew, o Escultor explica o que ele deve fazer: apenas trocar a Foice de Buffy por uma réplica; ela nem vai perceber e assim não ficará sabendo da traição. E quando ela quebrar em algum confronto, a Caça-Vampiros vai achar que foi porque o inimigo era mais poderoso. Andrew pensa sobre a proposta.

No apartamento de Giles, o acordo é selado: D'Hoffryn receberá o poder de detectar e localizar o uso concentrado de energia mística; Monarch terá o poder de absorver o poder mágico de qualquer ser não nativo desta dimensão; Keiko terá o poder de absorver e redirecionar a energia cinética de um ataque físisco; o Homem Silencioso terá o poder de devolver qualquer ser a sua dimensão nativa; o Brahma terá o poder de sentir a maior fraqueza do oponente e Matango será invulnerável a ataques mágicos. Giles reafirma que estes poderes pertencem ao Conselho e podem ser revogados a qualquer hora por qualquer um dos membros, por votação simples.

Terminada as conversações, Monarch, diz a Giles que sente nele uma mente madura dentro de um corpo jovem e muito sofrimento, com o que o ex-Guradião só pode concodar. Então, a fada o convida para visitar seu reino – onde as aparência de nada valem e sim o caráter das pessoas - convite que Giles aceita imediatamente.

Buffy fica preocupada e diz para Giles que ele não devia ir para outra dimensão na idade- Giles a interrompe e diz que precisa estar entre não-humanos para se sentir humano novamente, onde será tratado como o adulto que ele é. Buffy está apreensiva, de que o mundo das fadas seja como nos contos, quando a pessoa que as visita fica para sempre no lugar. Giles promete que vai mandar notícias todos os dias e parte com Monarch.

Spike diz que ninguém fica para sempre no mundo das fadas, a não ser por escolha própria – e se assim Giles quiser... Buffy se pergunta como seria desistir de ter uma vida normal e de todas as coisas agregadas a ela... ao que Spike responde:

Vida normal? Quando nós tivemos uma vida normal?

O casal vai para o apartamento de Spike e Xander; enquanto se preparam para dormir (e ter aquele descanso merecido), Buffy parece preocupada; Spike a tranquiliza, dizendo que as fadas não têm Internet e Giles não aguenta muto tempo sem corrigir gramática ou atualizar a Wikipédia... A namorada explica que na verdade está pensando se não foi um erro dar tanto poder ao Conselho, que foi uma coisa só para fazer a vida deles próprios mais fácil... Spike argumenta que foi também para salvar vidas, a não ser que ela veja algum outro problema que ele não tenha pensado. Buffy diz que nada específico, mas que cada vez que eles escrevem algo no livro, ela se preocupa com o que pode dar errado.

Mas isto é vida, não é mesmo? Não há manual de instrução. Ninguém vai dizer o que você deve fazer. Bem, muita gente vai dizer o que você deve fazer. Mas está é a assustadora verdade: elas não têm a resposta também. Então você tem que pesar  as opções, tomar uma decisão e viver com as consequências.

Buffy e Spike estão na cama, deitados, ele a abraça carinhosamente.

E ter a esperança de que você não arruinou tudo.

Eles só acordam na tarde seguinte e Spike está animado; ele diz que eles deviam tirar o dia de folga, já que até que as novas regras estejam escritas no livro, não há muito o que se fazer. Buffy gosta da ideia e sugere que eles vão almoçar em um novo restaurante italiano – e pergunta se o vampiro gosta de comida italiana. Spike responde que comida não tem muito gosto para vampiros, ele come uma coisa ou outra para não perder o costume, se é bem apimentada ou temperada, fica menos sem graça. Buffy fica desapontada e diz que não quer que ele fique lá apenas sentado sem aproveitar a comida; Spike diz que não quis dizer que é chato – um pouco de vinho e uma boa companhia bastam... mas é tarde, e Buffy fala que é melhor ela ir correr “no sol”, pois faz um tempo que não faz isso. Spike diz que uma é coisa que não se sente falta... até que se perde. Ele acrescenta que vai ficar em casa e alimentar os gatos (que passaram a noite no quarto com eles, a propósito). Buffy diz que logo estará de volta e então eles pensarão no que fazer.

Buffy, de volta ao seu apartamento, encontra Dawn e pergunta se Willow dormiu em casa; a irmã diz que, como sempre, ela passou a noite com Lake. Dawn quer saber se elas ainda estão de mal e Buffy diz que não quer discutir com Will, mas ainda assim elas acabam brigando. As duas deixam o apartamento: Dawn indo encontrar seus amigos e Buffy para correr. Quem chega de mansinho, sem as duas verem, é Andrew; ele arromba a fechadura.

Enquanto corre, Buffy repara em um casal gay (homens) que empurram um carrinho de bebê e em um casal de idosos que caminham de mãos dadas. Ela lembra do que Spike lhe disse tempos atrás:

Eu quero normal também. E eu quero com você.*

*Own Your Own, Temporada 9.

No apartamento, Andrew está na sala de armas. Ele pega a Foice e diz: “Sinto muito.”

Mais tarde, em um cemitério de Oakland, Andrew entrega a Foice para o Escultor; ele diz que fez sua parte e espera receber o pagamento: Jonathan com um corpo de carne e osso. Mas o Escultor lembra que Jonathan é animado pelo seu poder, se houver traição ou desistência, o corpo começará a apodrecer. Andrew então diz que já se arrependeu – e toda a gangue do Scooby se faz presente: Buffy, Xander, Spike, Dawn e até mesmo Willow atacam o Escultor e acabam com ele. Jonathan fica revoltado pelo amigo tê-lo “traído” e foge. Andrew diz que sentirá falta dele – mas que não podia mais viver em um mundo de fantasia; é hora de encarar o real. Nem que isso doa.



#24 - In Pieces on the Ground
- Parte 4
Megan Levens
17FEV2016

[Veja preview]

MorrisIsaacs

Apartamento de Buffy, Willow e Dawn.

Giles está de volta do mundo das fadas - e trouxe uma "amiga" com ele, a fadinha Sundrop. O ex-Guardião quer que Buffy facilite as idas e vindas dele, escrevendo no livro Vampyr a possibilidade de se abrir um portal em sua casa, pois suas habilidades mágicas estão progredindo rapidamente devido sua estadia por lá; Sundrop comenta que Giles nunca chegará ao nível de Willow, mas que seu poder é impressionante e que ele tem uma aura adorável... Buffy lembra que um portal já foi aberto no meio da sala dele pela "mulher borboleta" (Monarch), mas Giles explica que ela é a Rainha das fadas e só ela tem esse poder. A Caça-Vampiros não quer mexer na Lei que tornou as barreiras entre as dimensões mais segura e diz que Giles quer só por causa de sua "namorada" e Giles fica bravo:

Como você se atreve! Eu tive que aguentar suas ridículas e intermináveis desaventuras amorosas durante anos! E agora que finalmente encontrei alguém que me julga apenas pelo meu caráter, você quer estragar tudo?

Sundrop diz que não tem problema, existe um portal natural para seu mundo no Bosque Muir e que eles podem ir até lá com um Uber. E os dois vão embora, com Giles batendo a porta na cara de Buffy, que está tentando se desculpar.

Apartamento de Xander e Spike.

Buffy e o namorado estão conversando sobre o que aconteceu - a Caça-Vampiros diz que se sente mal só em pensar na relação que um Giles adolescente possa ter com aquela garota esquisita; Spike tenta amenizar as coisas dizendo que as fadas não tem relações como eles, é uma ligação mais espiritual, um encontro de mentes - e de qualquer modo, não é da conta deles. E Buffy fica emburrada, pergunta brava se o vampiro acha que ela está errada... Spike diz que não em relação a não querer mexer com o livro e que entende que ela esteja preocupada: depois de tantos anos com o grupo separado, agora que voltaram a estar juntos, é a vida que os está causando problemas entre eles e não um mal cósmico qualquer, algo que ela possa bater com suas próprias mãos.

Do quarto ao lado, Anya está espionando o casal através da parede e relatando a conversa para Xander - que está acompanhado por dois dos gatinhos:

Agora Buffy está fingindo que não está brava, mas está fazendo biquinho e ignorando Spike. E Spike está chateado, porque ele tinha esperança de que eles fossem transar e agora está tentando consertar o que disse, o que deixa ela ainda mais brava, porque ela sabe que o que ele disse é verdade e que e ele só está tentando conseguir transar...

Xander então diz que precisa falar com ela - e Anya já sabe que estas palavras não significam coisa boa; ele conta que falou sobre ela para o Dr. Mike, seu psicanalista, e o conselho dado por ele foi de ignorá-la, pois Anya está servindo como uma muleta contra os problemas da vida real. Anya, magoada, diz que agora tudo é culpa dela e não dos video games, dos quadrinhos e das outras fantasias que ele usa para fugir da realidade e que ele não deveria ter falado sobre sua visão com o médico pois ele vai achar que Xander está louco e vai acabar internando-o em um hospício, mas Xander retruca que agora as pessoas sabem sobre o sobrenatural e não se surpreendem mais com estas coisas - e que mandar os loucos para o hospício é coisa da Idade Média, agora eles apenas deixam os doentes mentais viverem nas ruas... Ele também fala que sabe que ela não é realmente Anya, que foi avisado pela médium*, mas "Anya" diz que ela ou era uma vigarista ou estava possuída por um demônio!

*Lana, #19 - Triggers

Anya suplica que Xander não pare de falar com ela, pois ele pode interagir com outras pessoas e ela não, mas ele está irredutível - e acrescenta que se ela não for definida por ele, será mais fácil descobrir quem ou o que é. Lágrimas, no entanto, escorrem de seus olhos.

Buffy está em seu quarto sozinha, com um par de óculos nas mãos (provavelmente de Giles), pensativa, quando de repente a projeção da cabeça de D'Hoffryn aparece do nada e quase a mata de susto:

Este é o meu quarto, eu poderia estar fazendo coisas de quarto nele!

D'Hoffryn diz que descobriu o esconderijo da Mestra e do Devorador de Almas, mas que ele e o Conselho estão ocupados com uma invasão do Inferno dos Gritos - e como a Porta Inquieta está sendo usada para abri-lo, nem a Mestra, nem o Glutton poderão fugir da Terra usando o artefato. Ele pede a Buffy que reúna seu grupo, vá até as Minas dos Diamantes Negros e realize um ataque surpresa aos inimigos.

Antioch - Minas dos Diamantes Negros

Buffy, Willow, Giles, Xander, Spike, Dawn e Andrew estão reunidos para o ataque; Will diz que Lake e sua equipe estão por perto, prontos para agirem se for necessário, enquanto Giles explica que a Mestra é uma poderosa bruxa do mar e o Devorador de Almas obtém sua força, poder e tamanho com as almas que consome - quanto mais ele as devora, maior ele fica.

O grupo adentra a mina; Anya está atrás de Xander, perturbando-o, dizendo que o lugar lembra a ela os túneis de Sunnydale, cidade onde ela morreu lutando por ele e seus amigos,

Depois de ter me abandonado no altar! E sempre roubava as cobertas! E me pedia para vestir aquela ridícula fantasia de Mulher-Gato para manter a chama acesa!

Xander, no entanto, a ignora.

De repente, os Scoobies são atacados pelo Devorador de Almas, que está gigantesco, e logo em seguida a Mestra aparece e agarra Giles com um de seus tentáculos (ela é uma mistura de sereia com polvo). O Glutton diz que eles sentiram a chegada do grupo e preparam uma surpresa de boas-vindas: abriram um portal para uma dimensão infernal. Spike corta o tentáculo no qual Giles estava preso, mas agora ele próprio e Xander são agarrados pela Mestra. Andrew lembra que se um portal foi aberto aqui, o portal para o Inferno dos Gritos foi fechado, o que significa que D'Hoffryn e o Conselho logo estarão chegando para ajudar; mas a Mestra diz que os demônios do Inferno dos Gritos que passaram para nossa dimensão vão mantê-los ocupados por um bom tempo e, além disso, existem feitiços nas cavernas impedindo que qualquer um seja teletransportado para ali.

Xander e Spike estão encrencados - além de imobilizados ainda estão ouvindo o "canto da sereia", que acabará por controlá-los; eles pedem ajuda para Giles, que, com magia, protege seus ouvidos. Com a distração, os dois conseguem se livrar e atacam a Mestra com suas armas - Spike com uma espada e Xander com um machado. Enquanto isso, Buffy está lutando contra o Glutton, atacando seu ponto fraco, a cabeça (Giles, por magia, a transportou até lá). Como eles estão em uma mina e o Glutton está muito alto, a luta acaba por deslocar grandes pedaços de rocha que só não atingem Dawn lá no chão porque Buffy corre em seu socorro e a afasta a tempo; Dawn agradece por ter sempre a irmã mais velha cuidando dela - e o Glutton ouve o comentário. Ele fica bastante feliz com o fato de agora poder matar um familiar de uma Caça-Vampiros e se vingar, já que sua família foi morta por uma Caçadora*. Ele agarra Dawn e começa a sugar sua alma. Os Scoobies, sem poder fazer nada, ficam horrorizados.

*Return to Sunnydale

Mas... alguma coisa acontece. De repente, o Glutton começa a diminuir de tamanho, até ficar da altura de uma pessoa.

Uma armadilha muito inteligente; a garota não é uma criança verdadeira, mas a sim a Chave, encarnada em forma humana. Sua alma é única. Poderosa. Mortal. Como um veneno. Ainda assim, você não poderia ter certeza de que ela sobreviveria, Caça-Vampiros.

Dawn, assustada, pergunta para Buffy se é verdade, mas Buffy se apressa em dizer que é claro que não, foi um feliz acidente. Buffy e os Scoobies estão prontos para lutar com os vilões, mas eles têm outros planos: como se dão conta de que não podem mais vencer a batalha e também não podem fugir com a Porta Inquieta e nem passar pelo portal sem serem seguidos pelo Conselho, os dois decidem destruir a Door, deixando o portal aberto.

Centenas de demônios - os Anharrans, segundo a Mestra - estão invadindo nosso mundo e, além disso, se o portal não for fechado, os mundos vão se misturar, transformando tudo em caos. Buffy sugere irem até a outra dimensão e fechá-la de lá; e então, Willow e Giles os resgatarão. Mas Willow lembra que abrir portais agora é uma tarefa muito difícil por causa da Lei que foi escrita no livro Vampyr e Buffy se dá conta que eles ficarão presos na dimensão. É então que Giles faz um comentário fatal:

E ainda por cima nós não sabemos como poderíamos fechar o portal; não é como se tivéssemos uma...

Ele olha em direção a Dawn

chave.

Buffy, Xander and Spike, horrorizados, dizem em uníssono:

Você não pode estar falando sério.
Não.
Não mesmo!



OBS.: Capas #23 e #24 (Rebekah Isaacs) formam uma única cena




#25 - In Pieces on the Ground
- Parte 5
Megan Levens
23MAR2016

[Veja preview]

Rebeka

Dawn diz que ela sempre esquece que "não é uma pessoa real", é a Chave, uma energia que foi colocada por um bando de monges em um corpo humano e que sua função é abrir e fechar portais... Buffy, brava, diz para a garota que ela é real e que é sua irmã e que de maneira alguma vai permitir que ela entre na dimensão infernal. Giles se apressa em dizer que a dimensão, depois da destruição da Porta Inquieta, está se expandindo lentamente e que chegará uma hora em que Willow não aguentará mais bloquear seu crescimento - e que isso resultará na fusão do inferno de Anharra com o nosso mundo, com resultados apocalípticos; ele acrescenta que eles precisam impedir isso e só contam com uma única opção. Spike está bravo e grita que, mesmo que Dawn pudesse fechar o portal do outro lado, os demônios iriam acabar com ela antes mesmo que tentasse e que não seria possível protegê-la contra uma horda deles. Giles diz que está convencido que em um universo cuja realidade é baseada em magia, Dawn teria acesso ao seu poder total e seria quase como uma deusa e nada poderia machucá-la - mas ela não poderia voltar de lá. Buffy interrompe a conversa, dizendo que não quer saber de opções que envolvam a irmã dela ser mandada para o inferno, porque isso não vai acontecer nunca! Mas Dawn interfere dizendo que é uma decisão dela e não da irmã, e que se é a única alternativa, ela irá. Spike se apressa em dizer que não é a única opção, mas Dawn retruca que não está ouvindo nenhuma outra, acrescentando que Willow está prestes a ter um colapso; se existe outra ideia, ela está disposta a ouvir - e todos olham uns para os outros, sem saber o que dizer.

Eles decidem entrar na dimensão infernal e enfrentar os demônios, tentar barrar sua entrada em nosso mundo. No início, eles veem um pequeno exército e acham que podem dar contar deles, mas logo a realidade cruel se apresenta: são milhares de demônios e os Scoobies não têm nenhuma chance. Buffy diz que eles devem voltar e tentar bloquear o portal novamente, enquanto Xander pergunta a Dawn se ela está se sentindo como uma deusa; para piorar a situação, o Deus Rei da dimensão infernal, Kerberon, aparece e faz ameaças, dizendo que vai conquistar a Terra e matar todos seus habitantes. Willow diz que sua magia não está afetando Kerberon em nada e é neste momento que Dawn diz que suas aulas de ioga valeram a pena: que seu poder não é parte dela, é toda ela - e mata Kerberon com a poderosa energia verde que emana de seu corpo. Os demônios se assustam com o poder da Deusa e batem em retirada...

Willow lembra, no entanto, que o problema permanece o mesmo; o portal precisa ser fechado - e do lado da dimensão infernal. Buffy decide que todos vão ficar, exceto Andrew e Xander; Dawn fecha o portal e depois eles procurarão o caminho de volta para a Terra. Mas Giles argumenta que Buffy é a pessoa que mais precisa estar na Terra neste momento, pois o Devorador de Almas e a Mestra ainda estão a solta e precisam ser detidos - eles passaram meses trazendo demônios de outras dimensões através da Porta Inquieta e estes demônios têm uma grande dívida com eles e podem se unir a eles se requisitados. Buffy fica indignada - ela não vai deixar Dawn naquele inferno. Giles diz que por mais que isso seja difícil de se aceitar, vidas inocentes estão em jogo na Terra e Dawn não corre nenhum perigo se ficar para trás. Depois de resolvido o problema com o Devorador e a Mestra, eles farão de tudo para trazê-la de volta à Terra. Spike, furioso, diz "sem chance!" Dawn tenta acalmá-lo, dizendo que nada pode machucá-la; que eles (Buffy e Spike) fizeram sacrifícios por ela e ela sempre se perguntou se poderia fazer algo parecido algum dia, ser corajosa, e que é legal descobrir que agora ela pode. Acrescenta que ela vai fazer isso, que ela quer fazer isso. Spike, cada vez mais bravo, diz para a garota que não, certamente ela não o fará!

Caça-Vampiros! Diga para sua irmã escutar os mais velhos!

O vampiro fica surpreso com a falta de reação de Buffy; então, ela se aproxima da irmã e pergunta se ela tem certeza do que quer fazer e Dawn diz que sim. Spike grita:

O universo todo enlouqueceu???

Buffy tenta explicar sua atitude para Spike:

Dawn é adulta, ela tomou uma decisão; eu não gosto, mas entendo que é necessário. Milhares de pessoas morreram porque nós não fomos cuidadosos o suficiente com a Porta Inquieta e se não pararmos com isso, bilhões podem morrer. Não posso deixar isso acontecer. Dawn também não pode e eu estou orgulhosa dela.

Spike não quer nem saber:

Então você vai abandoná-la alegremente neste buraco dos infernos?

Buffy diz que não alegremente, nem de perto; isto não é o que nenhum deles deseja - mas com que frequência eles conseguem o que querem? Spike então diz que vai ficar com Dawn, mas Giles lembra que dimensões infernais causam efeitos estranhos em vampiros; Willow lembra que viu Angel perder o controle quando eles estavam em Quor'Toth* e Angel contou a ela o que aconteceu com ele quando esteve em Pylea.**

*Angel & Faith - Temporada Nove
**Angel - Temporada Três


Giles diz que se algo parecido acontecer com Spike, ele não terá como machucar Dawn - mas ela poderá ser forçada a machucá-lo. Xander então se oferece para ficar, pois sua presença não é tão decisiva na luta contra os vilões na Terra; Dawn diz que é melhor que não, pois ele ainda a ama, mas Xander diz que Dawn é sua amiga e amigos não deixam amigos sozinhos no inferno. Eles ficarão na dimensão infernal e os outros tentarão achar uma saída do outro lado. Willow faz uma análise do lugar e diz que o tempo ali passa um pouco mais depressa, 6 semanas para 1 mês na Terra. Uma Buffy devastada se despede de Dawn; Spike, também devastado, diz que desejaria poder fazer alguma coisa, mas Dawn promete que tudo vai acabar bem.

Quem não gosta nem um pouco que Xander vai ficar do outro lado do portal é a Anya fantasma - ela não pode ir junto com ele e implora para que o rapaz não a deixe. Xander diz que até será melhor para ela ficar longe dele, pois poderá descobrir quem realmente é, mas Anya não quer nem saber: ela jura vingança. Todos se despedem, se separam e Dawn fecha o portal facilmente, com um aceno de mão. Sozinhos, Xander sugere que ele e Dawn comecem a procurar por comida.

Na Terra, Buffy está aos prantos - e quem está ao seu lado é Willow. Spike está com Andrew, que diz ao vampiro que, apesar de não entender muito de relacionamentos, ele acha que Spike deveria estar dando algum apoio para a namorada. O vampiro concorda, mas mas diz que não tem certeza se ele é a pessoa certa para isso; ele não acredita que ela deixou que isso acontecesse, não acredita que ele deixou que acontecesse. Andrew fala que às vezes a vida é uma droga, que não há nada senão escolhas ruins que fazem você se sentir muito mal - mas é quando vocês precisam se levantar, ajudar um ao outro a passar por isso. Spike novamente concorda, mas diz que falará com Buffy... em casa.

Willow está tentando acalmar Buffy, dizendo que eles vão trabalhar sem parar para trazer Dawn e Xander de volta, que ela vai falar com D'Hoffryn para ele e o Conselho cuidarem dos vilões, assim eles terão mais tempo livre. Os Scoobies se juntam novamente e começam a deixar as minas; Buffy faz então um comentário fatal:

Eu desejo que eles cuidem da Mestra e do Devorador de Almas e não nos incomodem, porque tudo em que posso pensar é trazer Dawn de volta.

"Fantasma" Anya ouve o que a Caça-Vampiros disse e...

Desejo realizado.

Vale do Silício

O Devorador de Almas está gigantesco, depois de ter devorado muitas almas; com ele está a Mestra. Ele diz que finalmente poderá conseguir sua vingança (matar a Caça-Vampiros) e é então que alguém diz que não tem certeza de que isso vá acontecer:

Afinal, eu entendo muito deste assunto.

É D'Hoffryn. O Devorador de Almas diz que ele pode trazer todo o Conselho, que não adiantará nada, e ataca - mas nada acontece com D'Hoffryn, para surpresa do Devorador. D'Hoffryn então suga todas as almas que o Devorador comeu, fazendo com que ele fique diminuto e então, com um pisão, acaba com ele. Assustada, a Mestra tenta dialogar com D'Hoffryn, para tentar salvar sua pele; D'Hoffryn revela que quando está realizando um desejo, ele é poderoso, onipotente - consegue dobrar as leis do universo de acordo com sua vontade (ou melhor, de acordo com a vontade do humano que fez o desejo), mas que isso só dura um momento... A Mestra diz que ele pode mudar isso, roubando o livro Vampyr da Caça-Vampiros e de seus aliados e D'Hoffryn concorda que é um plano intrigante - que ele pensou muito tempo atrás e que agora não precisa mais dela para vê-lo dar frutos. E toca fogo na Mestra.

"Fantasma" Anya aparece e diz que a realização deste desejo foi o mais perto do que realmente foi pedido, entre todos já realizados por eles. D'Hoffryn segue dizendo que Anya era sua favorita e foi roubada por aquelas "crianças egoístas e superficiais", levando-a para a mortalidade, ruína e morte. Anya diz que sempre esquece que não é realmente Anya e D'Hoffryn confirma - ela é apenas uma cópia fiel da verdadeira. Tão perfeita, que ele teve que esconder isso dela, para que ela visse por si mesma a falsidade e o egoísmo dos seus "amigos" para que assim fosse possível para ele transformá-la em uma Demônia da Vingança - imortal e corpórea novamente. D'Hoffryn diz que ela é a joia da coroa de seu novo exército de Demônias da Vingança - e completa:

E nosso futuro... Oh, nosso futuro! Será glorioso.


CONTINUA [#26 - #30]



Dark Horse - Para comprar as edições mensais (digitais), clique [aqui]
TFAW - Para comprar as edições mensais (impressas), clique [aqui]
TFAW/Amazon - Para comprar as coleções, clique [aqui] ou [aqui]